Home > Notícias

Com SIMD, Intel quer levar vídeos em alta definição a portáteis

Tecnologia Single Instruction, Multiple Data será usada na criação de chips para celulares e gadgets com suporte a vídeos em HD.

IDG News Service/EUA

10/02/2009 às 9h24

Foto:

Pequisadores da Intel trabalham no desenvolvimento de pequenos chips integrados capazes de rodar vídeos em alta definição (1080p) em portáteis. O desenvolvimento  ainda deve levar de cinco a oito anos para chegar ao mercado, informou Shechar Borkar, engenheiro da Intel nesta segunda-feira (09/02).

A principal dificuldade dos pesquisadores, de acordo Borkar, é tentar reduzir o vazamento de energia e elevar, ao mesmo tempo, a performance gráfica dos chips para trazer conteúdos multimídia mais ricos a smartphones e outros portáteis.

A empresa pretende aumentar o desempenho de vídeo usando um acelerador embutido no chip que permitirá o processamento simultâneo de múltiplas linhas de dados gráficos usando uma técnica chamada Single Instruction, Multiple Data (SIMD).

A SIMD já foi aplicada na década de 90, na linha Pentium da Intel. Agora, o desafio é reduzir o desperdício de energia nos circuitos que permitem a aceleração gráfica por meio desta técnica e que hoje não geram bons resultados em baixas voltagens.

Durante a International Solid State Circuits Conference, em São Francisco (EUA), a Intel apresentará um relatório sobre um acelerador SIMD compatível com voltagens extremamente baixas (300 milivolts, contra a média atual de 1,1 a 1,2 V) e que consegue ser até 8 vezes mais eficiente em consumo de energia. A tecnologia pode ser embutida em processadores para portáteis como os chips da linha Atom dentro de cinco a oito anos, prevê Borkar.

A novidade também deve beneficiar servidores e melhorar a eficiência no consumo de energia para a computação de alta performance.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail