Home > Notícias

Com vendas de 26,9 milhões de iPhones, Apple atinge lucro recorde

Mesmo com seus melhores números para o quarto trimestre fiscal, companhia ficou abaixo do esperado por Wall Street. Ganhos foram de US$8,2 bi no período.

Macworld / EUA

25/10/2012 às 19h31

Foto:

A Apple liberou agora há pouco seus resultados do último trimestre do ano fiscal de 2012, em que a companhia de Cupertino quebrou os recordes atingidos no mesmo período do ano passado. 

Nos últimos três meses, a Apple registrou nada menos que 36 bilhões de dólares em rendimentos e 8,2 bilhões de dólares em lucro (ou 8,67 dólares por ação diluída) contra receita de 28,27 bilhões de dólares e ganhos de 6,62 bilhões de dólares atingidos no quarto trimestre do último ano fiscal da empresa. Os dividendos por ação foram de 2,65 dólares, segundo a empresa.

Para atingir essa marca história, a Apple vendeu 26,9 milhões de iPhones, um aumento de 58% em relação aos 17 milhões vendidos no mesmo período de 2011. Já entre os iPads, o aumento na comercialização foi mais modesto, 26%, com 14 milhões de unidades vendidas em relação a 11 milhões no ano passado.

Apesar das ótimas vendas, o novo iPhone 5 não influenciou muito esse número, uma vez que só chegou às lojas em 21/9, cerca de 10 dias antes do fim do trimestre.

Por sua vez, as vendas dos Macs permaneceram razoavelmente estáveis, crescendo apenas 1%, para 4,9 milhões de unidades, enquanto que o iPod manteve seu declínio padrão, caindo 19% no período para 5,3 milhões de vendas.

Esses números se comparam ao último trimestre, o terceiro deste ano fiscal, em que a Apple registrou 8,8 bilhões de dólares e 35 bilhões de rendimentos, contando com as vendas de 26 milhões de iPhones, 17 milhões de iPads, 4 milhões de Macs, e 6,8 milhões de iPods.

Vale notar que as vendas internacionais responderam por 60% dos rendimentos da empresa, após vários anos de crescimento.

Abaixo das expectativas

Apesar dos bons resultados e de quebrar seus próprios recordes no Q4 (quarto trimestre), a Apple recebeu uma reação mais negativa em Wall Street até o momento. Como aponta o The Verge, a empresa superou as previsões de lucro dos analistas, mas ficou abaixo quanto aos lucros – o principal motivo seriam as vendas “decepcionantes” do iPad.

As ações da empresa caíram cerca de 4% após a divulgação dos resultados financeiros, segundo a agência Reuters – mas estão lentamente voltando aos seus valores anteriores.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail