Home > Notícias

Comissão Europeia admite falha em caso antitruste contra Intel

Organização não teria registrado encontro com a Dell, quando empresa diz que favoreceu chips da Intel por questões técnicas.

Redação do IDG Now!

10/08/2009 às 10h16

Foto:

A União Europeia admitiu ter errado ao ignorar a evidência de uma testemunha na investigação contra a fabricante de chips Intel, feita pelo seu órgão regulador, a Comissão Europeia. A empresa foi multada em 1,4 bilhão de dólares pela Comissão Europeia por práticas anticompetitivas de mercado. Em julho, a Intel apelou da decisão.

O ombudsman P. Nikiforos Diamandouros, autoridade que investiga as queixas da Comissão de forma independente, aponta para uma falha do órgão, que não registrou um encontro entre investigadores da Comissão e um executivo da Dell, que oferecia evidências para o caso.

Segundo um arquivo ainda não publicado, ao qual o jornal The Wall Street Journal teve acesso, o executivo não identificado disse que a Dell via o desempenho da rival da Intel, a AMD, como “muito pequeno”.

Isto poderia significar que a Dell escolheu os chips da Intel por razões técnicas, não porque teria sido forçada a tal. No caso, a Europa concluiu que alguns fabricantes compraram todos seus chips da Intel por medo de perder grandes descontos caso se voltassem para a AMD.

Como não houve um registro adequado da discussão, não está claro o que o executivo da Dell disse. Na verdade, a Dell passou a vender servidores com microprocessadores da AMD há alguns anos.

Um porta-voz da Dell afirma que a companhia cooperou com a União Europeia, mas não detalhou como. Tanto a União quanto a AMD e a Intel se recusaram a comentar o documento.

A descoberta, contudo, não deve exercer grande influência sobre o caso, admite o próprio jornal. A Europa afirma ter identificado condutas anticompetitivas na relação da Intel por mais de cinco anos com cinco fabricantes de PCs – incluindo a Dell -, e um varejista de computadores.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail