Home > Dicas

Como apagar definitivamente informações que estão no disco rígido

Aplicativos como Fdisk e Format e o comando Delete podem ser revertidos. Veja como evitar que isso aconteça, caso precise.

Lincoln Spector, da PC World/EUA

15/06/2009 às 10h17

zerar_dados_150.jpg
Foto:

zerar_dados_150.jpgQualquer um de posse de um programa de recuperação de dados de baixo custo (e até gratuito) é capaz de trazer de volta dados que foram apagados do HD recentemente – mesmo que você tenha optado por esvaziar a lixeira do sistema. Esse tipo de utilitário é capaz até de recuperar arquivos de um disco rígido que tenha sido formatado.

Por tais motivos, caso você queira assegurar-se de que o próximo usuário do computador não poderá colocar as mãos em seus dados pessoais, saiba que deve dar cabo deles. Uma das técnicas mais usadas para isso é chamada wiping. Este procedimento consiste em sobrescrevendo o HD com zeros e uns novinhos em folha.

Atenção leitor: as informações desta dica farão com que os dados do disco rídigo seja eliminados sem possibilidade de recuperação. Por isso, assegure-se de que é exatamente isso que deseja fazer antes de continuar. E, se for o caso, faça backup dos seus dados.

Antes de colocar as mãos na massa, responda duas questões simples: Você quer apagar apenas as informações pessoais ou o disco como um todo? Qual seu nível de paranoia?

Livrar-se apenas das informações pessoais é mais rápido, mas requer um envolvimento maior por parte do usuário e pode deixar uma brecha  para erros e enganos. Esta opção também requer que se sobrescreva as áreas que não estão sendo usadas do HD – elas podem contar remanescentes de informações pessoais antigas.

Entretanto, sobrescrever o disco todo também tem seus próprios problemas. Supõe-se que um PC com Windows chegue a seu novo proprietário com um sistema operacional instalado e intacto. Caso a máquina em questão venha com um disco de recuperação, tudo fica mais fácil. Basta sobrescrever o disco todo e reinstalar o Windows a partir do disco de recuperação.

Mas se o seu computador é capaz de reinstalar o Windows sem um CD ou DVD especial, sobrescrever o HD todo irá destruir a licença do Windows que vem nele. Mesmo que se opte por sobrescrever a partição C: e deixar a partição de recuperação intocada pode tornar o processo de reinstalação do sistema operacional impossível.

E quanto à paranóia? Muitos dos programas abaixo oferecem variados métodos wiping, alguns com rotinas que sobrescrevem o drive 35 vezes, como forma de garantir que nada possa ser recuperado.

Mas um aplicativo de wiping mais simples, que sobrescreve o HD apenas uma vez tornará os dados que existiam antes inacessíveis para qualquer software que os ladros de identidade costumam usar. Sem contar que eles são substancialmente mais rápidos – estamos falando em questão de horas, em vez de dias (sim, um wiping de 35 vezes pode levar dias para ser completado) – e mais baratos.

Por isso, a não ser que você tenha motivos para temer a Polícia Federal, é provável que você possa dispensar o moroso, mas muito seguro, método Gutmann. Eis as sugestões:

Caso decida apagar pastas e arquivos selecionados, então utilize o gratuito Eraser, utilitário em código aberto.  Uma vez instalado o programa, basta clicar com o botão direito do mouse no arquivo ou pasta que não se quer mais e selecionar a opção Eraser. Clique no botão Options e selecione o método de wipe desejado.

eraser_400

Uma vez que seus dados pessoais tenham sido removidos, clique em Meu Computador (ou Computador, no Vista), clique com o botão direito no drive C: e selecione Erase Unused Space.

Para apagar uma partição, faça o download da versão para DOS do Active@ KillDisk. Este arquivo compactado (.zip) contém outro arquivo .iso e, caso não tenha um, um programa capaz de queimar um disco com a imagem .iso. Basta queimar o CD com a imagem, inicializar o computador com este disco para ter acesso ao programa.

Kill_Disk_tela

Infelizmente, a versão gratuita faz apenas o wipe uma vez. Mas como já foi mencionado, isso deve ser suficiente para a maior parte das situações. A versão Pro do utilitário custa 45 dólares.

É possível fazer wipe de um disco inteiro com o Active@ KillDisk. Mas caso queira segurança adicional, como sobrescrever mais de uma vez, o Darik’s Boot And Nuke (DBAN) oferece isso a custo zero. Ele também vem em um arquivo em imagem .iso que dá origem a CD para inicialização do PC, mas você terá de usar seu próprio programa para queimar o CD (recomendamos o ISO Recorder).

dban_01.jpg

Mas é preciso ter cuidado: o DBAN irá fazer wiping em todo e qualquer disco que encontre. Por isso, ele não é um programa para ser usado de qualquer forma, nem em um computador que possua uma partição de recuperação e sem outra forma disponível para reinstalar o Windows.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail