Home > Dicas

Como cuidar corretamente do seu smartphone neste verão

O sol forte e as altas temperaturas podem causar danos irreversíveis nos dispositivos móveis. Veja como protegê-los na estação mais quente do ano

Rodrigo Bonacorso, gerente de laboratório da Hashtec

03/02/2019 às 14h35

Foto: Shutterstock

O calorão não tem dado trégua em praticamente nenhuma região do Brasil. Mas não são apenas nós, usuários, que sofremos com o sol intenso e clima abafado do verão: os dispositivos móveis também podem ser afetados pelas altas temperaturas. E se você não ficar de olho, pode acabar com o celular danificado.

Sabendo disso, a Hashtec, rede de microfranquias voltadas para reparos em smartphones, lançou um pequeno manual com algumas dicas de como garantir a proteção externa dos seus aparelhos. São quatro práticas básicas que com certeza irão evitar que eles sofram danos devido ao calor, seja na praia, na piscina ou em locais com pouca circulação de ar.

Sol e carro fechado

Deixar o celular exposto ao sol pode esquentá-lo e danificar a bateria. Guardá-lo no carro fechado durante o calor do dia também não é a melhor opção, pois cria-se o efeito estufa. Carregue o aparelho sempre com você dentro de uma bolsa ou capa protetora, e de preferência fique na sombra. Se esquecer o dispositivo ao sol ou dentro do carro, feche todos os aplicativos, desligue o celular de imediato e tire a bateria, se possível.

Praia, maresia e areia

A praia possui muitos fatores que podem prejudicar um celular. Mais uma vez, lembre-se de não deixá-lo exposto às altas temperaturas e opte por uma capa protetora impermeável ou própria para mergulho para tirar fotos à vontade próximo ao mar. Jamais deixe o aparelho em cima da canga ou fora de uma bolsa se não estiver utilizando - a areia arranha a tela do celular e danifica o touchscreen que é sensível, além de prejudicar o conector de carga e fone de ouvido.

Selfies nas festas de verão

As capas protetoras são essenciais em caso de quedas, principalmente durante selfies com os amigos. Evite também deixar o aparelho na mesa próximo a líquidos, pois sempre há alguém distraído que pode derramar bebida e alimentos em cima do telefone. Caso isso aconteça, seque o excesso do líquido com um pano limpo e o mantenha desligado por algumas horas até que esteja totalmente seco.

E sabe aquele boato de colocar o celular dentro de uma vasilha de arroz? É verdade, mas não deixe o dispositivo muito tempo submerso para evitar o risco de algum grãozinho entrar dentro do aparelho. Além disso, se optar por um secador de cabelo, não utilize o ar quente para não superaquecer a bateria. Se continuar danificado, leve o produto até uma assistência técnica de confiança para realizar o reparo.

Segurança no dia a dia

O verão também é a época do ano em que aumenta o número de perdas, furtos e roubos de celulares. Para não começar o ano de 2019 no prejuízo, evite andar nas ruas com o aparelho no bolso de trás da roupa, nem deixá-lo à mostra em locais públicos ou com pessoas que você não conhece bem. Dessa forma, você e seu dispositivo estarão protegidos.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail