Home > Dicas

Como diferenciar CDs e DVDs piratas que são vendidos como originais

Em 2008, APCM recebeu 2.300 denúncias de compra ou aluguel CDs e DVDs pirateados em estabelecimentos comerciais. Não caia nessa.

Daniela Braun, editora-executiva do IDG Now!

19/02/2009 às 18h40

dvd_pirata_150.jpg
Foto:

dvd_pirata_150.jpgCDs e DVDs piratas não são vendidos somente em ambulantes. Em 2008, a Associação Antipirataria de Cinema e Música (APCM) recebeu 2.300 denúncias de consumidores que compraram ou alugaram CDs e DVDs pirateados oferecidos como produtos originais, informa Tiago Aguiar, coordenador jurídico da associação. Das denúncias, 25% representavam estabelecimentos comerciais fixos e 28% se referiam a locadoras.

Esta semana, mais um caso de venda irregular de CDs e DVDs foi registrado em Goiânia, onde uma consumidora adquiriu um CD do cantor Amado Batista, pelo valor supostamente promocional de 15,90 reais, e descobriu que o produto era ilegal pelas mãos do próprio artista, ao pedir um autógrafo.

A denúncia levou à apreensão de 3 mil CDs e DVDs ilegais na rede de lojas Som Livre - considerada tradicional em Goiânia - e à prisão do empresário Carlos Gomes, que chegou a presidir uma associação de combate à pirataria de CDs em Goiânia, segundo informações da Delegacia Estadual do Consumidor (Decon) de Goiânia.

Conforme alerta Aguiar, a falsificação em lojas fixas e locadoras não é identificada tão facilmente pelo consumidor como ocorre com produtos oferecidos em camelôs ou ambulantes. Algumas dicas simples podem evitar que o cliente desembolse um valor de mercado por um produto falso.

Confira três dicas básicas para evitar a compra de um CD ou DVD pirateado:

Cor da mídia
A cor da mídia faz diferença por conta do
processo de produção. Segundo Aguiar, na maioria dos casos, o lado de
gravação dos dados do produto original é prateado (espelhado) já que
após o processo de gravação dos dados a mídia passa por um processo de
espelhagem para aprimorar a leitura dos dados pelo laser. Já os
produtos piratas são produzidos – mais precisamente queimados – com
suportes regraváveis diretamente nas mídias, que geralmente são mais
esverdeadas para CDs e da cor roxa para DVDs.

APCM_01.jpg

Embalagem
Mesmo se o produto estiver embalado, o consumidor
deve observar a estampa da mídia. Na versão original, as mídias são
gravadas em um processo de serigrafia, enquanto a maioria dos produtos
falsificados exibe o conteúdo impresso em papel e colado na mídia.

APCM_02.jpg

Código da IFPI
O processo de prensagem de CDs e DVDs inclui a gravação de um código na parte central da mídia. Ao lado do código no miolo do produto original estão gravadas as letras IFPI, sigla em inglês para Federação Internacional da Indústria Fonográfica.

A APCM recebe denúncias pelo telefone 0800 113 941 ou pelo e-mail contato@apcm.org.br. O site da associação está fora do ar após ter sido invadido por crackers em defesa do site Legendas.TV, que chegou a ser retirado do ar pela entidade, mas voltou a funcionar nesta quinta-feira (19/02).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail