Como escolher o melhor cartão SD para sua câmera, telefone ou tablet

Entenda a velocidade, a classe e as diferenças de capacidade do cartão de memória para saber qual é a melhor opção para cada dispositivo

Foto: Shutterstock
https://pcworld.com.br/como-escolher-o-melhor-cartao-sd-para-sua-camera-telefone-ou-tablet/
Clique para copiar

Você só quer comprar um cartão SD (cartão digital seguro) ou um microSD para sua câmera, filmadora, drone, smartphone ou tablet. Mas um mesmo tamanho não serve para todos. Se o conjunto confuso de logotipos e especificações do cartão de memória faz você bater a cabeça contra a parede, nós entendemos. Por isso, vamos dar as respostas para os usos mais comuns de cartões de memória. Dica: sempre consulte o manual do seu dispositivo para maiores recomendações.

Se suas necessidades são muito particulares, também nos aprofundamos nos padrões do cartão SD para ajudá-lo a entender a diferença entre Classe 10, V30, UHS-I, A1 e U3, para que então você possa fazer a escolha certa para qualquer dispositivo ou finalidade.

Colinha de cartões SD

Aqui vão dicas para ajudá-lo a escolher qual cartão SD comprar e para qual finalidade ele é mais indicado:

  • Melhor cartão SD para uso de vídeo: Concentre-se na classificação de velocidade indicada para o seu dispositivo. Geralmente, um cartão Classe 10 funciona para vídeo 4K a 30 fps. Para algo superior, é recomendado investir em V30 para cima;
  • Melhor cartão SD para uma GoPro Hero: Para a Hero 4 Black ou um modelo mais antigo, um cartão classificado como Classe 10 geralmente é bom, mas câmeras mais recentes, como o Hero 7 Black, devem ser alimentadas com cartões com classificação U3 ou V30;
  • Melhor cartão SD para uma DSLR: escolha um cartão com base na sua velocidade máxima de gravação. Enquanto não há logotipo para isso (ainda bem), 40 MBps a 50 MBps são bons o suficiente para a maioria dos consumidores e até mesmo algumas DSLRs mais avançadas;
  • Melhor cartão SD para um celular ou tablet Android: Devido às limitações de como esses dispositivos lidam com espaço SD, o armazenamento de aplicativos em um cartão pode frustrá-lo – embora um cartão com classificação A1 possa ajudar um pouco. Para armazenar fotos ou vídeos, preste atenção na velocidade de gravação indicada;
  • Melhor cartão SD para um Nintendo Switch: Para o melhor negócio, pule o cartão “oficial” e compre um cartão de alta capacidade que funcione para o seu orçamento;
  • Melhor cartão SD para uma dashcam ou uma câmera de babá: Ignore as velocidades de gravação e classificações X e escolha uma que atraia pela “Alta Resistência”.

Marcas de classe de velocidade SD

Uma das especificações mais confusas dos cartões SD e microSD é a temida “classe de velocidade”. Na maior parte, é pertinente apenas para gravar vídeo. Vamos dizer isso novamente: é principalmente destinada a vídeos.

Ao contrário do que acontece com a fotografia ou o armazenamento de arquivos, uma pausa ocasional na gravação de dados não é grande coisa, já que a câmera ou o dispositivo devem simplesmente pausar e continuar de onde pararam. O vídeo, no entanto, requer gravações não perturbadas, porque o fluxo não pode ser pausado facilmente na maioria dos hardwares de consumo.

A mais familiar dessas designações de classe de velocidade é o código numérico básico de 2, 4, 6 e 10, que existe desde meados dos anos 2000. O número indica a velocidade mínima de gravação sem uma interrupção fatal (para vídeo). Um cartão de Classe 4 gravará a 4 MBps, por exemplo, e uma Classe 10 gravará a 10 MBps. Isso era bastante simples até que as marcas U1 e U3 Speed Class foram introduzidas em 2010 e 2013, respectivamente. U1 e U3 indicam um mínimo respectivo de 10 MBps ou 30 MBps de velocidade de gravação. Ambos também suportam um barramento de ultra-alta velocidade (UHS) mais rápido.

Para ajudar ainda mais, em 2016 foi introduzida uma nova marca de Classe de Velocidade de Vídeo para aumentar as velocidades para câmeras e dispositivos de resolução ainda maior. A classe de velocidade de vídeo inclui: V6, V10, V30, V60 e V90. Como você pode imaginar, o número indica a velocidade de gravação garantida em MBps (que, em alguns casos, pode ser menor que a velocidade máxima de gravação de um cartão).

Na verdade, existem razões técnicas mais profundas para você preferir um cartão Classe 10 (ou um cartão Classe 6 ainda mais lento) em vez de um cartão V90 para vídeo de definição padrão (pense na década de 1990, 640×480), mas, em geral, se o fabricante do cartão fez seu trabalho, gravar um vídeo de definição padrão mesmo não será um problema.

A parte que motiva os consumidores é que todas as três classificações de classe de velocidade ainda estão em uso ativo em cartões de memória hoje. Muitos cartões carregam várias marcações de classe de velocidade.

Qual marcação de velocidade SD é a melhor?

Acredite ou não, as marcações no cartão e no pacote não estão lá para confundir você, mas para ajudá-lo. Normalmente, você veria o manual da sua câmera de ação ou da sua babá e veria se o fabricante recomenda uma cartão Classe 6, Classe 10, V10 ou U3, e compraria um cartão com essa marcação. Na verdade, essa é a melhor maneira de usar as marcações da classe de velocidade corretamente. O problema é que você provavelmente não sabe o que sua câmera recomenda, então você acaba tentando descobrir o que significam C10, V30 e U1.

A única armadilha real a ser observada é pagar por algo que você não precisa ou nem mesmo pode usar. Por exemplo, colocar um cartão V30 em um dispositivo que requer a Classe 10 é tão trabalhoso quanto encher o tanque de uma minivan com gás de alta octanagem em vez de gasolina sem chumbo velho. Se você não sabe o que seu dispositivo recomenda, provavelmente deve analisar o padrão de vídeo que ele grava e comprar o cartão de marca mais barato que corresponda à classe de velocidade.

Por exemplo, digamos que você tenha uma câmera de ação sem nome que registre a 30fps em 4K. Um cartão Classe 10 deve funcionar, com um cartão V10 sendo intercambiável. Se você tem uma câmera de babá assustadora no quarto do seu filho que grava vídeo granulado de 1080p a 30fps no modo noturno, um Classe 6 deve funcionar bem.

Qual é o melhor cartão SD para uma câmera de vídeo 4K ou um drone?

A orientação acima pressupõe taxas de quadros bastante baixas de 4K a 30fps ou 1080p a 60fps. Na verdade, não leva em conta câmeras mais recentes que gravam a 120fps.

Infelizmente, não há nenhuma diretriz geral, então o substituto é sempre consultar o manual ou o site do fabricante. Se você não sabe, é mais seguro optar por mais velocidade. Para 4K a 60fps, talvez você possa querer um cartão V30 ou U3 mais rápido. Se você estiver gravando 8K, surround vídeo ou vários fluxos de dados de uma só vez (dados GPS, por exemplo), provavelmente você deve optar por um cartão V60 ou V90. Novamente, verifique sempre o que o fabricante recomenda.

Qual é o melhor cartão SD para uma GoPro?

Como a nossa orientação vale para todos os dispositivos: leia o manual para o que é recomendado para a câmera antes de sair comprando um cartão de memória. Isso pode evitar que você compre um cartão muito lento (perdendo vídeo potencialmente) ou gastando muito dinheiro em um cartão que sua câmera não pode explorar completamente.

No caso das populares câmeras Hero, da GoPro, muito do que é recomendado dependerá da safra da sua câmera. As antigas câmeras Hero 3 não suportam mais de 64GB de capacidade, e com o máximo de 4K em vídeo a 15fps, um cartão Class 10, como a SanDisk Extreme microSDXC UHS-1, deve funcionar bem.

Quanto ao mais novo Hero 7 Black, que pode gravar vídeo 4K a 60fps, ou 1080p a 240fps, você precisará de um cartão de memória classificado como U3 ou V30, como o Samsung EVO Select de 128GB. O manual da GoPro lista bem os cartões que foram examinados para cada câmera que retorna a Hero original.

Qual é o melhor cartão SD para uma DSLR?

Há uma coisa muito importante para se lembrar: As discussões da Speed Class acima são mais pertinentes ao uso do vídeo, em que você não pode ter o cartão parado durante a gravação de um vídeo. Câmeras digitais modernas não são tão sensíveis. Se houver uma lentidão durante a gravação de 40 imagens, o buffer de memória interna da câmera pode manter as imagens um pouco mais longas enquanto são gravadas no cartão de memória. Assim, na maioria das vezes, até os cartões SD e microSD com orçamentos mais elevados produzirão bons resultados para o fotógrafo médio.

O único problema real é quando esse buffer está cheio. Quando isso acontece, a câmera não tira fotos até que o buffer esteja livre. Às vezes, a câmera realmente diminui a velocidade de tirar fotos de 4fps para 1fps enquanto limpa o buffer. Para esses fotógrafos, você deve prestar atenção à velocidade de gravação explícita do cartão. Não há logotipo ou marcação do setor para velocidade de gravação, mas descobrimos que a maioria dos cartões que informam a velocidade de gravação estão se gabando (sinceramente) de uma capacidade testada.

Se você está escolhendo entre cartões para fotografia e você tem uma escolha de V30, ou V10 (ou Classe 10), o V30 provavelmente superará a Classe 10, pelo menos pelas especificações. Alguns fabricantes de cartões expressarão a velocidade máxima de gravação como uma “classificação X”, como 400X. Esta é a velocidade de gravação do cartão expressa por velocidades de CD-ROM. Cada 100X denota 15MBps. Para usá-la, você vai querer uma classificação X mais alta se quiser tirar várias fotos seguidas.

Testado: desempenho do SD em uma DSLR

Quanto custa a velocidade de gravação no uso real? Fizemos alguns testes rápidos com quatro classes de cartões microSD da SanDisk em uma câmera Sony Alpha A7R II. Nós cronometramos quanto tempo levou para a câmera gravar 10 arquivos RAW + JPEG, cada um com cerca de 42MB. Para esse teste, usamos um SanDisk Extreme de 256GB, um cartão SanDisk Ultra de 400GB de produzido recentemente, um cartão SanDisk Ultra de 32GB de 3 anos e um cartão SanDisk básico de 32GB preto, quase genérico. Apenas o SanDisk Extreme tinha uma velocidade de gravação nominal de 90MBps. Cada cartão foi formatado na câmera antes do teste.

Existem três conclusões dos resultados. O mais óbvio é que existe um mundo de diferença entre o cartão genérico de 32GB, da SanDisk, sem marcações e o antigo cartão de 32GB, da SanDisk Ultra. Há também uma galáxia de diferença entre o antigo cartão SanDisk Ultra, de 32GB, e o novo cartão SanDisk Ultra, de 400GB. Enquanto alguns desses são os chips de memória mais recentes no cartão de 400GB, alguns deles também são de capacidade. Hoje, os cartões de memória são muito semelhantes aos SSDs, em que parte da capacidade é definida para armazenar em cache leituras e gravações. O que isso significa é que um SSD de 400GB ou cartão de memória, geralmente será mais rápido do que uma versão de menor capacidade do mesmo modelo. À medida que o cartão atinge a capacidade total, o cache fica menor à medida que é transformado em armazenamento, fazendo o desempenho cair.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site