Home > Dicas

Como escolher um smartphone

O que levar em conta na hora de comprar um celular de última geração

Marcelo Ayres, especial para PC World

30/06/2008 às 17h05

smartphone_150.jpg
Foto:

smartphone_150Companheiros de estrada de profissionais em trânsito que precisam ter seus e-mails sempre a mão, os smartphones estão cada vez mais acessíveis e cheios de recursos.

Mas o que é preciso saber na hora de comprar um? Confira alguns pontos importantes para fazer a compra certa.

Quanto vale o show?
Para valorizar seu dinheiro, o primeiro ponto a avaliar é se realmente você precisa de um aparelho assim. Os recursos oferecidos serão realmente utilizados? Você necessita mesmo de uma câmera com vários megapixels, por exemplo? Se a sua conclusão é afirmativa, vamos ao ponto seguinte. Quanto custa?

Não estamos falando somente do valor do aparelho (muitos equipamentos saem até de graça, dependendo da promoção) e sim dos planos que as operadoras oferecem.

Leia também:

> Você precisa de um smartphone ou um notebook?
> Comparativo mostra desempenho dos Blackberry

> Guia 3G do iPhone

Antes de comprar o smartphone, faça uma pesquisa nas operadoras para saber sobre as taxas de acesso à internet e quantidade de MB que podem ser baixados. Prefira um pacote ilimitado de dados, pois megabytes excedentes de planos restritos custam caro. E esses valores são mais altos ainda para tecnologia 3G.

+++

smartphone_150De qualquer forma, já vale adquirir um aparelho pronto para trabalhar com a terceira geração de telefonia, para preservar o seu investimento. Veja também qual o valor para o plano de voz e para a utilização dos e-mails.

Para os planos de empresas, os valores podem receber descontos para os casos de se ter mais de um aparelho no pacote. Ou seja, vale negociar preços menores. Em média, os valores dos aparelhos começam em 500 reais e podem chegar até a 2.000 reais.

Teclado
Este é um item muito importante para ser analisado, já que, se a intenção é ter acesso aos e-mails, você vai precisar digitar bastante para respondê-los. A maioria dos smartphones tem como diferencial o teclado QWERTY, ou seja, como o dos computadores, só que em escala menor.

Apesar de ser melhor do que o teclado de celulares comuns, ainda teremos botões pequenos. Por isso, o melhor é experimentar os modelos nas lojas e testar a digitação. E cuidado com os smartphones que trazem teclas divididas entre duas letras, pois são difíceis de utilizar e causam muitos erros de digitação.

Alguns modelos com tela sensível ao toque não possuem teclado QWERTY físico e oferecem uma versão virtual. Com eles, você também pode baixar programas que emulam teclados maiores.

++++

smartphone_150Verifique também se o aparelho possui teclas de atalhos para funções mais importantes, como checar e-mail e agenda ou se você pode configurar esses botões como achar melhor.

Memória
Prefira os modelos que oferecem, além de uma boa memória interna (pelo menos 20 MB), a entrada para cartões de memória flash. Os modelos com mídias do tipo Micro SD e Mini SD são os mais indicados, pois você pode, com a ajuda de um adaptador, usar o cartão em seu computador ou câmera digital.

Tela
Com os modelos mais novos você pode escolher produtos com telas maiores com tamanho de 240 por 320 pixels. Já existem no mercado vários modelos com tela sensível ao toque, o que facilita muito a navegação pelos recursos do aparelho.

Sistema operacional
Os smartphones utilizam sistemas com Windows Mobile, Symbian, Palm OS, Linux e OS X (caso do iPhone, aparelho ainda não disponível oficialmente no Brasil).

Os modelos que não utilizam a plataforma da Microsoft tendem a ser mais rápidos que os equipados com o Windows Mobile, exatamente por possuírem sistemas mais leves. Se você prefere o Windows, é melhor ter uma quantidade maior de memória e processador mais rápido que o de modelos que utilizam outros sistemas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail