Home > Dicas

Como fazer o corretor de palavras do iOS funcionar para você

Dicas simples mostram como "fugir" de chatices do Autocorrect e até inserir palavras não óbvias no Dicionário de Teclado do sistema da Apple.

Macworld / EUA

19/03/2013 às 19h35

corretorios_43501.jpg
Foto:

A ferramenta de corretor automático Autocorrect é uma benção dos “deuses da computação” para todo mundo que precisa digitar em uma tela pequena. Mas também pode ser a ruína de todo usuário de iPhone e iPad. É possível aproveitar o lado bom do recurso e evitar aborrecimentos ao prestar atenção em alguns detalhes.

Vá embora!

Digite uma palavra errada – ou mesmo comece a digitar uma palavra de forma errada – e o corretor automático entra em cena, oferecendo uma sugestão útil para corrigir o erro ou te poupar do trabalho de completar a palavra letra por letra. E há o primeiro problema potencial: se você digitar uma palavra não reconhecida, mas escrita de forma correta, e digitar um espaço ou um ponto, ou tocar em Return, o corretor vai entender que você aceitou a substituição recomendada.

De acordo com as instruções da Apple, para fechar um “balão” do Autocorrect é preciso tocar no X minúsculo dentro da bolha. Felizmente, não é preciso ser tão preciso: toque em qualquer local do balão para rejeitá-lo.

Isso não ajuda muito em um iPad, quando o balão fica longe do teclado. Felizmente, é possível dispensar a sugestão do corretor a partir do teclado: aperte a tecla Apagar, digite novamente a última letra, e a sugestão aparece.

Volte!

Quando você dispensa uma sugestão do corretor, o iOS aprende suas palavras preferidas. Versões anteriores do sistema demoravam mais para aprender, exigindo que você barrasse determinadas sugestões mais vezes, mas o iOS 6 costuma aprender em apenas um caso. O software então armazena suas palavras no Dicionário do Teclado, que não pode ser acessado nem editado. Uma vez que uma palavra está lá, o corretor não vai mais tentar corrigi-la – e vai até sugeri-la como uma correção ou opção para completar. Isso parece bom, mas pode ser um problema.

Suponha que você digite “hije” e está tão acostumado a dispensar o corretor automático que rejeita precipidamente a sugestão “hoje”. Agora sempre que digitar “hije”, precisará corrigir o erro de forma manual.

corretorios01.jpg

Mas há uma solução para isso: é possível fazer o iOS pensar que “hije” é um atalho para “hoje”. Vá em Ajustes > Geral > Teclado; desça até a opção Adicionar Novo Atalho. Digite “hoje” no campo Atalho e “hije” em Atalho, e toque em Salvar. Agora sempre que digitar “hije” por engano, o Autocorrect vai corrigir para “hoje” automaticamente.

Caso tenha acumulado muitos erros de digitação no seu Dicionário de Teclado, é possível adotar a opção “nuclear” e apagar de uma vez todas as palavras que seu aparelho aprendeu: vá em Ajustes > Geral > Redefinir e depois escolha a opção Redefinir Dicionário de Teclado. Essa ação vai fazer com que o processo de aprendizado do corretor volte ao zero.

E se você não quer ter de ficar pensando em tudo isso, basta não usar o corretor automático. Para isso, vá em Ajustes > Geral > Teclado e desabilite o recurso Correção Automática.

Não vamos mais brigar

O corretor automático não vai sugerir uma substituta se considerar que você digitou uma palavra legítima. Mas como você pode adicionar termos técnicos, nomes de lugares não óbvios, e outras palavras que já não estejam no Dicionário do Teclado para o “banco de palavras legítimas” do Autocorrect? Você tem duas opções.

Uma abordagem para adicionar uma palavra ao seu Dicionário de Teclado é defini-la como um semi-atalho. Vá em Ajustes > Geral > Teclado > Adicionar Novo Atalho. No campo Frase, digite a palavra que quer adicionar, mas não digite nada em Atalho; então toque em Salvar. A partir de agora, o corretor automático não vai mais tentar corrigir sua forma de escrever aquela palavra quando digitá-la.

corretorios02.jpg

O segundo método é ainda mais simples; e se você nunca reiniciou o Dicionário de Teclado, ele tem o benefício extra de preservar todas as palavras que você o usou para designar. Esse método tira vantagem do fato que o corretor aceita as entradas de nomes em Contatos como palavras genuínas e não vai sugerir que as corrija. Assim, isso é o que você vai fazer: crie um novo contato, e digite “zzz” como as letras iniciais no campo Nome para mantê-lo na parte inferior da lista, onde ficará fora do caminho. Então digite todas as suas palavras especiais, separadas por espaços, nos campos Nome, Sobrenome ou Empresa do contato “zzz”, por exemplo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail