Home > Notícias

Como fica a Macworld Expo 2010 sem a Apple

Primeiro ano do evento sem a empresa de Steve Jobs terá menos barulho da mídia e lançamentos, mas manterá o espírito de discutir temas sobre os quais a Apple não gosta de falar

Macworld/EUA

08/02/2010 às 16h16

Foto:

macworldexpologoEsta semana acontece a Macworld Expo 2010, em São Francisco, nos Estados Unidos, evento que vai de 9/2 a 13/2. A principal mudança é a ausência da Apple. Isso significa que não haverá os tradicionais lançamentos da Apple, Steve Jobs não mais fará seu popular discurso, haverá menos fabricantes expondo e a cobertura jornalística será menor. Apesar disso, a presença da Apple era apenas uma parte do evento.

Na apresentação da Macworld Expo do ano passado, Phil Schiller, vice-presidente de marketing da empresa, repetiu o discurso de todo evento da Apple: “a cada semana, 3,4 milhões de clientes visitam uma loja da Apple no mundo todo... São 100 Macworlds a cada semana”.

E, da perspectiva da Apple, ele está certo. Para a Apple, a Macworld Expo foi um evento de marketing. Foi uma forma de fazer barulho sobre novos produtos e de permitir que os curiosos pudessem ter contato com os equipamentos (embora o acesso às novidades, fisicamente falando, fosse bem restrito). Na verdade, para quem quisesse ter contado com os produtos da Apple, era mais fácil ir a uma loja da empresa.

Outra semelhança entre o que a empresa faz em suas lojas ou em eventos da Apple: a comunicação flui em apenas uma direção. Em nenhum dos dois casos você tem uma troca de informações. A Apple tem uma mensagem para entregar e você apenas ouve. Vale lembrar que outras empresas também adotam esse tipo de postura. Hoje, pelo ponto de vista da Apple, a Macworld Expo pode ser substituída pelas lojas da Apple. Quer ver algum produto? Veja na vitrine da empresa.

O que a lógica de Schiller não aborda são todas as coisas que a Macworld Expo fornece e que não tem nada a ver com jeito da Apple: oportunidades para ter uma real troca de ideias, a chance de ter acesso a elementos do ecossistema da empresa dos quais ela não quer falar, a possibilidade de aprender com pessoas que não precisam simplesmente repetir o que uma companhia diz e a oportunidade para ver produtos que a Apple não oferece suporte.

Não deixe de conferir a cobertura de Macworld Expo 2010, com as principais novidades do evento.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail