Como impedir que Alexa, Google Assistente e Siri salvem suas gravações

Além disso: como limpar seu histórico Siri fora dos servidores da Apple

Foto: Shutterstock
https://pcworld.com.br/como-impedir-que-alexa-google-assistente-e-siri-salvem-suas-gravacoes/
Clique para copiar

Sim, seus dispositivos Amazon Echo e Google Home estão ouvindo você, e os alto-falantes inteligentes podem gravar o que você diz e compartilhar essas gravações com funcionários da Amazon e do Google. O motivo: a Amazon e o Google podem analisar as respostas de seus assistentes virtuais e “revisá-los manualmente” (no jargão obtuso de muitas declarações de privacidade) para “ajudar a melhorar nossos serviços”.

Em outras palavras, alguém pode estar ouvindo e, embora seja certo que assistentes inteligentes como Alexa e Google Assistente não podem melhorar sem a ajuda de humanos que analisam sua precisão, as empresas de tecnologia precisam fazer um trabalho muito melhor de dizer aos usuários o que eles estão fazendo.

Após as revelações de que a Apple estava permitindo que as empreiteiras ouvissem as gravações da Siri sem notificar corretamente os usuários, Amazon e Google estão implantando novas configurações de privacidade que permitem a opção de garantir que terceiros revisem suas gravações de voz do Alexa e do Assistente.

Tanto Apple quanto o Google suspenderam seus respectivos programas de “classificação” enquanto aguardavam uma revisão, e a Apple prometeu lançar novas configurações de privacidade para permitir que os usuários impedissem que qualquer outra pessoa ouvisse suas gravações de voz da Siri. Mas se você é um usuário do Amazon Echo ou do Google Home, pode fechar a porta em “análise humana” de suas gravações de voz agora mesmo. Veja como fazer isso.

Importante: a Alexa ainda não está oficialmente disponível no Brasil. Há alguns meses, a Amazon começou a testar a assistente com suporte ao nosso português, porém ainda não há uma data específica para o lançamento a todos os usuários.

Amazon Alexa

1. Abra o aplicativo Amazon Alexa para Android ou iOS e toque em Menu > Configurações > Alexa Privacy.

2. Toque em Gerenciar como seus dados melhoram a Alexa e, em seguida, desative o botão ao lado de Ajudar a melhorar os serviços do Amazon e desenvolver novos recursos.

3. Enquanto estiver fazendo isso, você pode impedir que a Amazon revise as transcrições de mensagens enviadas com a Alexa desativando as alternações ao lado de qualquer usuário da Alexa na parte inferior da tela.

4. Se você quiser revisar ou excluir qualquer uma das suas últimas gravações do Alexa, volte à tela de Privacidade da Alexa e toque em Revisar Histórico de Voz.

Google Assistente

1. Abra o aplicativo Google Home e toque em Conta > Mais configurações (no Google Assistente) > Seus dados no Assistente > Atividade de voz e áudio.

2. Desligue a alternância ao lado de Atividade de voz e áudio.

3. Você também pode tocar em Gerenciar atividade e, em seguida, revisar e excluir algumas ou todas as gravações de voz do Google Assistente.

Siri

A Apple ainda não oferece uma opção de desativação para o seu programa de “classificação” da Siri – algo que está chegando em uma futura atualização de software -, mas é possível ver e excluir o histórico de conversas da Siri dos servidores da Apple. Embora esse caminho não seja tão amigável quanto nos aplicativos Alexa e Google Home.

Se quiser ver suas conversas recentes, você pode ativar a Siri no seu iPhone ou iPad e, em seguida, deslizar de cima para baixo na tela. Isso mostrará sua conversa mais recente no dispositivo que você está usando, para que você possa ver se há alguma gravação questionável.

Para excluí-las, você precisará ir para Configurações > Geral > Teclados e desativar a opção Ativar Ditado. Em seguida, volte e selecione Siri e Pesquisa. Em seguida, desmarque as duas opções relacionadas à assistente: Ouça “E aí, Siri” e Segure Home/Botão lateral para Siri. Quando ambas estiverem desativadas, você receberá uma mensagem perguntando se deseja desativar a Siri, o que removerá todos os seus dados dos servidores da Apple. Toque em Desligar Siri e seu histórico será imediatamente excluído. Você precisará repetir isso para qualquer dispositivo que tenha, embora o histórico do Apple Watch seja excluído junto com o iPhone emparelhado.

Obviamente, esse método significa que a Siri será desativada no seu dispositivo. Portanto, se quiser começar a usá-lo novamente, será necessário reativá-la. Para isso, basta seguir o mesmo caminho nas configurações do iOS.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site