Home > Dicas

Como preparar seu Mac para receber o Lion

Novo sistema operacional da Apple chega nos próximos dias; confira nossas dicas para deixar sua máquina prontinha para ser atualizada

Macworld / EUA

06/07/2011 às 11h13

Foto:

Agora que o Mas OS X 10.7 Lion alcançou o status de  “golden master”, deve levar apenas alguns dias para que a Apple disponibilize seu novo sistema (a estimativa é de que chega até o dia 14). Ou seja, já é hora de ir prepararando seu Mac para fazer o upgrade de forma rápida e suave.

Verifique as configurações
As exigências de sistema do Lion são um pouco diferentes das do Snow Leopard, por isso você precisa verificar se o seu Mac tem capacidade para rodar o sistema operacional.

Selecione a opção About This Mac (Sobre este Mac) no menu Apple e olhe nos itens Processor e Memory na janela de pop-up que será aberta. Seu Mac precisa ter um processador Intel Core 2 Duo, Core i3, Core i5, Core i7 ou Xeon. Quanto à memória, são necessários 2 GB ou mais.

Você não pode fazer muita coisas sobre o fato de ter um processador que não é compatível com o Lion, mas é fácil e relativamente barato turbinar a  memória ao Mac.  Quanto ao sistema atual, é preciso estar rodando o Snow Leopard no seu equipamento.

Até o momento, a Apple não falou nada sobre um possível upgrade direto para usuários rodando o Mac OS X 10.5 (Leopard). Por isso, se você está usando esse sistema operacional lançado em 2007, vai ter de primeiro migrar para o Snow Leopard, lançado em 2009, para depois fazer a atualização para o Lion. Na loja da Apple, é possível encontrar o sistema atual por valores a partir de 79 reais.

Para quem está rodando o Mac OS X Tiger e tem um Mac que atenda aos requerimentos de processador e memória, a única opção no momento é fazer a atualização para o Snow Leopard usando a Mac Box Set (a partir de 299 reais).

Atualize para o Mac OS X 10.6.8
Ter o Snow Leopard em seu Mac não é o bastante para o Lion: você precisa atualizar o sistema para a versão 10.6.8, lançada pela Apple em 23/6.

A companhia afirmou que o Mac OS 10.6.8 “melhora a Mac App Store para deixar seu Mac pronto para realizar o upgrade para o Mac OS X Lion”, em referência à loja online de softwares para Mac da empresa, que o Snow Leopard suporta desde janeiro e que a Apple vai usar para distribuir o Lion.

Selecione a opção “Software Update” no menu da Apple e instale a versão 10.6.8.

Obtenha um Apple ID
Para baixar o Lion pela Mac App Store, você precisará de um Apple ID. Você pode até já ter um – é ele que você usa para acessar a iTunes Stores, por exemplo – mas se não tiver, pode criar um aqui ao fornecer seus dados pessoais. Dica de segurança: use uma senha diferente para seu Apple ID da usada em sua conta de e-mail cadastrada.

Prepare a Mac App Store com uma opção de pagamento
Você também vai precisar fornecer um método de pagamento para o Lion na Mac App Store. A maioria dos usuários cadastra um cartão de crédito junto com seu Apple ID, mas se você não tem um cartão – ou não quer “dar” um para a Apple – é possível adquirir um iTunes giftcard (que não é vendido oficialmente no Brasil) e transferir seus fundos para a Mac App Store.

Faça backup no seu Mac
Para ficar seguro, realize um backup no seu Mac usando a Time Machine (ou outro software do gênero) e um HD externo, para que possa restaurar o sistema para o Snow Leopard se o Lion não for instalado corretamente ou danificar a máquina de alguma maneira.

E certifique-se de que o seu DVD de instalação do Snow Leopard esteja acessível para que possa usá-lo para realizar boot no Mac, caso o Lion apresente algum problema mais sério.

Verifique a compatibilidade de aplicativos
Como o Lion não permitirá instalar o Rosetta, o emulador de software que permite que Macs com chip Intel rodem softwares compilados para o processador Power PC (disponível em Macs mais antigos), esses apps mais antigos não vão rodar no novo sistema.

Você pode ver quais aplicativos PowerPC estão no seu Mac ao clicar na opção About This Mac no menu Apple e depois no botão More Info (Mais Informações) na parte inferior da página pop-up para trazer o System Profiler.

Então selecione Applications na categoria Software no painel esquerdo do System Profiler. Clique na coluna Kind para separá-los, então faça scroll até encontrar esses apps que mostram a marcação Power PC ou Classic (os últimos também não rodavam no Snow Leopard).

Em nosso iMac de testes, apenas alguns apps estava marcados como PowerPC, incluindo um par associado com o Office for Mac 2008, que converte tabelas e planilhas do Excel para que possam ser abertas, editadas e salvas em versões mais antigas do pacote da Microsoft, como o Office for Mac 2004 e o Offce 2003 para Windows.

Você também pode navegar por uma lista ampla em RoaringApps, que mostra quais programas do Mac funcionam com versões anteriores de desenvolvimento do Lion, quais não funcionam e as que apresentam problemas com o novo sistema.

Conexão rápida, por favor
Como o Lion será vendido apenas por meio da Mac App Store, os usuários com conexão lenta precisarão realizar o upgrade de sistema fora de casa.

Nos Estados Unidos, a Apple afirmou que os consumidores são bem-vindos em usar as conexões Wi-Fi de suas lojas, mas qualquer hotspot público serve. Outra opção é levar seu MacBook para a casa de um amigo com uma conexão mais rápida, ou até para o seu local de trabalho (desde que seja permitido).

Os iMacs são outra história: ninguém vai querer carregar um iMac de 27 polegadas por aí. Ainda não está claro como esses usuários poderão obter o Lion. Apesar de a Apple ter dito a escolas e empresas que eles poderão baixar o novo sistema uma vez e então rodar o instalador resultante em cada Mac, a companhia não confirmou se os consumidores finais poderão fazer o mesmo processo.

imac-dest-novo-390

Usuários de iMacs com conexão lenta podem sofrer um pouco mais para baixar o Lion

Licenças
A Apple já avisou com antecedência o lançamento iminente de um sistema anteriormente, mas não temos certeza que a empresa fará o mesmo desta vez, já que não há necessidade de ir até uma loja ou comprar em um site e esperar pela entrega em casa.

A companhia vai te avisar quando o Lion estiver disponível se você fornecer seu endereço de e-mail. Quando o Lion chegar à Mac App Store, o usuário poderá baixar o upgrade para todos os Macs que  tenha pela taxa única de 29,99 dólares ao usar o mesmo Apple ID.

Compre o Lion, baixe e instale-o no primeiro Mac, então em todos os outros,  acesse a Mac App Store usando o mesmo endereço de e-mail e senha para baixar o upgrade.

Não importa se alguns dos Macs na sua casa – do seu filho ou parceiro(a), por exemplo – normalmente utiliza um outro  Apple ID; apenas acesse a Mac App Store com a conta que foi usada para comprar o Liom, e poderá baixar  gratuitamente uma segunda cópia (e terceira e quarta e por aí vai).

Este Apple ID precisará ser digitado nos Macs apenas desta vez. Ao contrário de outros apps vendidos na Mac App Store, o Lion vai depender do próprio mecanismo Software Update do sistema para futuras melhorias e soluções para bugs.

Opcional: Compre um Magic Trackpad para o seu Mac desktop
A grande quantidade dos gestos touch embutidos no Lion não estarão disponíveis para quem possui um iMac, Mac Pro ou Mac Mini.

Apesar de o Magic Mouse (229 reais) possuir suporte para gestos, nossa escolha é o Magic Trackpad, que custa um pouco mais no Brasil (269 reais) – nos EUA os dois têm o mesmo preço: 69 dólares.

trackpad1.jpg

Mágica: apesar de custar o mesmo que o Magic Mouse nos EUA, Magic Trackpad é mais caro no Brasil

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail