Home > Dicas

Como transmitir áudio e vídeo via streaming do iTunes para um iPad

Conheça alguns softwares, pagos e gratuitos, que permitem realizar o envio de arquivos para o tablet sem o uso de fios

Macworld / EUA

26/04/2010 às 12h15

Foto:


Apesar de o iPad ser ótimo para ouvir músicas ou assistir
filmes e programas de TV, um recurso que falta no novo aparelho é a capacidade de realizar streaming (transmissão sem necessidade de armazenamento) de
músicas e vídeos de uma biblioteca do iTunes.

Com o dispositivo  Apple AirTunes, você pode realizar
a transmissão de músicas para um certo número de aparelhos, além de
compartilhar uma biblioteca do iTunes em sua rede local, para poder escutar
música ou assistir vídeos dela.

Mas a Apple deixou essa funcionalidade de fora do iPad,
tratando-o mais como um aparelho móvel do que um substituto do laptop, que é o
que vai acabar se tornando em muitos lares. Dito isto, o iPad não tem lá muita
capacidade de armazenamento – especialmente nos modelos mais básicos, de 16 GB, o que torna a habilidade
de fazer stream conveniente.

Você pode querer fazer stream para
escutar música enquanto estiver lendo um livro, sem ter que se preocupar
exatamente qual a última canção adicionada ao iPad da sua enorme biblioteca do
iTunes. Ou talvez você queira assistir a um filme armazenado em seu Mac. Existe um app para isso – mais do que um, na verdade, apesar de
estarem longe da perfeição.

Para o que pode se chamar de streaming “passivo” de música, de uma biblioteca de iTunes para o iPad, você
pode usar o Airfoil, da Rogue Amoeba (US$25), juntamente com o software gratuito Airfoil
Speakers
(enquanto ainda não está otimizado para iPad, você pode rodá-lo em uma
janela pequena ou modo de pixel-dobrado no tablet).

150826-servetome_original.jpg

No ServerToMe é possível escolher as pastas
compartilhadas

Mas você estará limitado ao realizar
streaming de uma biblioteca de iTunes em um computador, e não pode escolher o
que escutar diretamente no iPad. Por isso, enquanto essa é uma boa ideia se você quer
apenas utilizar o iPad como, digamos, um alto-falante, quando estiver escutando
música na cozinha, é um pouco limitado para um uso mais sério.

O streaming de música e vídeo é claramente algo que
interessa aos desenvolvedores. Dois programas de US$ 3 para  iPad providenciam essa
funcionalidade, de maneira semelhante, criando um servidor local em um
computador (Mac ou Windows) e utilizando u software no iPad para tocar música ou vídeo:
StreamToMe, da Matthew Gallagher, e Air Video, da In Method (também existe uma
versão grátis chamada Air Video Free, que limita o número de itens exibidos em cada
pasta). Ambos originados no iPhone e no iPod touch e atualizados como "apps
universais" para iPhone OS.

Os dois programas exigem aplicativos associados grátis que você
precisa baixar do site dos desenvolvedores e instalar em seu computador.
Você pode compartilhar todo seu disco rígido, apenas suas pastas Música e
Filmes, ou uma área específica de sua escolha – o ideal na última opção, por
exemplo, é selecionar um número limitado de vídeos para uma criança assisti-los
no iPad.

Com o StreamToMe,
você faz o download do aplicativo ServeToMe, abre o programa, escolhe quais
pastas irá compartilhar e depois apenas deixa rodando. No iPad, você abre o
app StreamToMe, escolhe o nome do computador que você está compartilhando com, e
então navega por suas pastas para achar o conteúdo que quer realizar stream.

 

StreamToMe é bom para video – apesar de não conseguir fazer
stream de arquivos de vídeo protegidos da iTunes Store – mas nem tão bom para
música. Você não pode escolher listas de reprodução, e não pode nem tocar o
conteúdo de uma pasta. Se você toca uma música, o programa irá parar depois de
tocá-la e aguardar sua nova seleção. No entanto, quando o assunto é vídeo, ele
reproduz todos os principais formatos (incluindo alguns que o iTunes não
consegue): MP4, AVI, MOV, FLV, MPG, MKV e WMV. Para música, toca MP3s, AACs não
protegidos e arquivos FLAC.

O Air Video utiliza um programa chamado Air Video Server, que funciona
apenas com vídeos. Como o ServeToMe, ele deixa você escolher as pastas
compartilhadas, mas também permite adicionar listas de reprodução do iTunes,
apesar desse recurso ser um pouco problemático.

O Air Video suporta os formatos
MP4, M4V, MOV, AVI, WMV, ASF, MPG, MPEG, MKV, 3GP, DMF, DIVX e FLV (e, assim
como o StreamToMe, não reproduz vídeos protegidos da iTunes Store). No entanto,
ele oferece alguns recursos interessantes, como a conversão durante a
transmissão em seu computador para que o iPad não tenha tanto trabalho, e
configurações individuais para qualidade, resolução e zoom para cada vídeo.

150826-airvideo_original.jpg

A interface Air Video oferece mais opções para o iPad do que o StreamToMe

Apesar de nenhuma dessas opções mencionadas ser perfeita, cada uma
tem suas vantagens. Eu ainda gostaria de ver a Apple providenciar uma forma de
acessar minha biblioteca do iTunes, especialmente para escutar música enquanto
eu leio, mas a habilidade do ScreamToMe e do Air Video de trabalhar com
formatos que a Apple não é compatível os torna escolhas atrativas para aqueles
que querem assistir vídeos em seus iPads.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail