Home > Notícias

Compra de smartphone não é influenciada por lojas de aplicativos

Estudo afirma que 65% dos usuários baixam programas para seus dispositivos, e muitos deixam de lado o Nintendo DS e tocadores MP3

Redação do IDG Now!

22/09/2010 às 19h27

Foto:

As lojas de aplicativos presentes em todas as plataformas para smartphones, com destaque para o iOS e o Android, não têm influído tanto na venda de aparelhos.

Essa é a conclusão do instituto Deloitte, que entrevistou 1960 pessoas, com idade entre 14 e 75 anos, durante os meses de junho e julho deste ano.

De acordo com sua pesquisa, apenas 18% dos consumidores pensam na quantidade e na qualidade de programas disponíveis para o sistema operacional na hora de escolher um celular. Enquanto isso, 58% levam em conta fatores como tamanho, câmera, teclado e preço durante a decisão.

Ainda assim, 65% dos consumidores costumam baixar aplicativos para os seus dispositivos. Desses, 42% reduziram o uso, ou pararam de usar, seus tocadores de MP3, e 30% deixaram de lado seus consoles portáteis de videogame, como o Nintendo DS ou o PSP.

Este é só mais um indício de que os celulares estão ocupando o espaço que antes a Nintendo dominava. Em outra pesquisa, divulgada pelo instituto Flurry em março passado, os números revelavam que, entre 2008 e 2009, o iPhone passou de 5% de participação no mercado de games portáteis para 19%, ao mesmo tempo que o PSP e o DS foram de 20% e 75%, respectivamente, para 11% e 70%.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail