Home > Dicas

Comprar revistas no iPad pode gerar economia de quase R$300 por ano

Assinatura digital compensa para muitas publicações nacionais e internacionais, como The Economist, Rolling Stone, IstoÉ, Época e Wired.

Luiz Mazetto

18/01/2013 às 17h47

ipad402_435.jpg
Foto:

Assinar uma revista em formato digital no iPad pode gerar uma economia de aproximadamente 300 reais para o usuário em apenas um ano. Esse é o caso da famosa revista semanal The Economist, cuja assinatura anual impressa para o Brasil, com 51 edições, custa 270 dólares (cerca de 550 reais) contra 127 dólares (cerca de 260 reais) pelo mesmo conteúdo em versão digital no iPad, computadores e outros tablets.

O usuário também pode fazer uma boa economia ao assinar a versão digital para iPad da IstoÉ, por exemplo. Por 100 dólares (cerca de 200 reais) anuais, o consumidor recebe todas as edições da semanal brasileira durante 12 meses. Para ter o mesmo número de edições impressas em casa, o custo seria de 427 reais, cerca de 230 reais mais alto.

Já a Rolling Stone (edição norte-americana em inglês), lançada no iPad há poucos dias, custa apenas 20 dólares ao ano. Por esse valor, o usuário brasileiro pode ter acesso a todas as 24 edições da revista em uma temporada (mais um mês grátis). Para realizar a assinatura internacional da versão impressa (também com duas edições de bônus), o consumidor precisa desembolsar 85 dólares ao ano (cerca de 175 reais), além de esperar mais tempo pela chegada da publicação. Com isso, a economia no iPad chega a aproximadamente 130 reais em um ano. Quem prefere recorrer a bancas e livrarias para comprar edições avulsas da publicação também gasta muito mais: 5 dólares (cerca de 10 reais) no iPad contra uma média de 30 reais nesses locais.

rollingstoneios01.jpg

Na revista Época, da editora Globo, a assinatura digital para iPad custa 100 dólares (cerca de 200 reais) ao ano enquanto que a assinatura da edição impressa sai bem mais salgada: 400 reais (apenas à vista) – mas com o “conforto” de  o usuário ganhar seis meses extras por esse valor. De qualquer forma, é uma boa economia escolher o iPad.

Outra conhecida publicação estrangeira, a revista mensal de tecnologia Wired está disponível no iPad pelo mesmo preço da Rolling Stone: 20 dólares ao ano. Como a assinatura internacional impressa (e digital inclusa) da Wired precisa gastar 70 dólares por ano, cerca de 100 reais a mais do que o preço da mesma assinatura apenas no iPad. Em bancas e  livrarias brasileiras, a Wired custa em torno de 20 reais.

Newsweek digital

A conhecida revista semanal norte-americana anunciou no final do ano passado que a partir de 2013 só seria publicada de forma digital. A assinatura digital anual, que inclui 52 edições, custa 25 dólares e dá direito a acesso pelo computador e tablets como o iPad. Até então, para comprar a versão impressa da revista, era preciso desembolsar cerca de 15 reais em locais especializados no Brasil.

Gratuitas

Duas opções de revistas gratuitas e interessantes disponíveis no Brasil são a Trip e a TPM, ambas da mesma editora. Basta baixar o aplicativo de cada uma delas na App Store e então selecionar o download dos números desejados – mas fique de olho que as publicações digitais podem “pesar” mais de 500MB cada.

Quando o digital não compensa

Em algumas publicações da editora Abril, como Veja e VIP, por exemplo, a assinatura no iPad tem preço igual ou até maior do que a “clássica” edição em papel. Enquanto a assinatura anual impressa da VIP sai por 114,31 reais, as mesmas 12 edições em versão digital custam 131 reais para o assinante.

O mesmo acontece com a Veja, uma das principais semanais do país, que custa mais no iPad do que no papel. A assinatura anual impressa da publicação sai por 392 reais, segundo o site da Abril, enquanto que a assinatura digital custa 411 reais ao dono do tablet da Apple. Além disso, a edição avulsa, que custa 9,90 reais na banca, sai por 5 dólares (cerca de 10 reais) no iPad. Nesses casos, caso o consumidor não tenha problemas para armazenar as revistas, vale mais a pena fazer a assinatura impressa ou até a opção que inclui impressa e digital.

Como funciona

Na maioria dos casos, basta baixar o aplicativo gratuito da revista desejada pela App Store brasileira e então selecionar a opção de compra. Geralmente é possível escolher entre compra avulsa, assinatura semestral ou anual - disponíveis como compras dentro de aplicativos. Em alguns casos, talvez seja preciso fazer a assinatura digital primeiramente pelo site oficial da publicação. Todas as revistas citadas na reportagem estão disponíveis para assinatura via App Store do Brasil, mas com preços em dólar (em que há cobrança do imposto IOF no pagamento da fatura do cartão de crédito).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail