Home > Dicas

Comprou um novo Mac? Veja como migrar dados com segurança

Leitor quer transferir dados de um MacBook Pro (com alguns arquivos corrompidos) para um iMac; confira

Macworld / EUA

28/12/2010 às 14h43

Foto:

O leitor Sam Sellars é um felizardo que acaba de adquirir mais uma máquina e quer transferir suas precisosas informações:

Comprei um iMac de 27 polegadas e quero transferir e-mails, calendários e documentos do meu MacBook Pro. No entanto, estou com medo de migrar tudo isso porque meu laptop deu alguns problemas algumas vezes e estou com receio de que alguns arquivos estejam corrompidos. Sou paranoico?

É importante entender que esse não é um procedimento de “tudo ou nada”, com uma única fórmula. Mas vamos lá. Ao ligar o novo iMac, o equipamento irá oferecer a opção para transferir os dados de um Mac antigo para o equipamento recém-adquirido. O usuário deve concordar com a transferência – que é feita via rede ou Firewire – de alguns ou de todo o conteúdo de sua conta de usuário, seus aplicativos, configurações do computador e rede, além de arquivos armazenados fora de sua pasta Home.

Especificamente, dentro de sua pasta pessoal, é possível escolher para copiar o conteúdo das pastas Mesa, Documentos, Downloads, Vídeos, Músicas, Imagens, Publico e Sites (é possível ver outros locais que estejam armazenadas na pasta Home). Nada nesses locais pode fazer com que o Mac tenha mau funcionamento (a não ser uma biblioteca corrompida ou mesmo um arquivo que possa fazer com que uma aplicação não responda adequadamente). Os conteúdos das pastas Library e System no nível root do Mac antigo não serão transferidos para o novo, já que o Mac possui cópias mais novas.

Entretanto, independente do que o usuário escolha para transferir que esteja dentro dessas pastas ou se transportar todo os arquivos, os conteúdos da pasta Library dentro da pasta pessoal do usuário também serão transferidos; e é a esse local que precisamos prestar atenção.  É possível que haja alguma coisa nessa pasta que esteja prejudicando o funcionamento do MacBook Pro. Uma maneira fácil de descobrir isso é criar uma nova conta de usuário no laptop, trocar para essa conta e observar se o MacBook possui as mesmas falhas ou comportamentos que tinha antes. Caso isso não aconteça, e ele voltar a dar problemas na conta original, a pasta  ~/Library é um forte suspeito.

 

imac27.jpg
iMac: equipamento oferece opções para migrar conteúdos de equipamentos antigos

Mais frequente do que parece, entretanto, as falhas nas aplicações devido a problemas com aplicativos específicos e kernel panics (ou Panes de Núcleo em português, erros que deixam o Mac "de joelhos") são relacionados a problemas no hardware. Dito isso, não é recomendável migrar as aplicações, mas sim instalar novas cópias; além disso, antes de conectar dezenas de periféricos, tente rodar o Mac somente com seu mouse e teclado; se tudo ocorrer bem, sinta-se livre para plugar os dispositivos. Entretanto, caso o Mac dê pau, procure por atualizações de drivers e, se isso não resolver, tire todos os periféricos e plugue um de cada vez para testá-los e determinar qual deles não está se comportando direito.

Outra  alternativa é executar o Software Update no MacBook Pro para ter certeza de que ele está totalmente atualizado para depois migrar o conteúdo para o novo Mac. Ao final, caso isso não funcione como gostaria, pegue o disco de instalação do iMac e deixe-o como veio de fábrica; a partir disso, use as dicas acima para fazer uma migração mais seletiva.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail