Home > Notícias

Computex: Dell apresenta novos híbridos 2-em-1 da linha Inspiron

Um dos recursos dos dispositivos de 11,6" e 13" é a versatilidade. Giro de 360 graus permite usá-los como notebook, tablet ou cavalete

IDG News Service

02/06/2014 às 10h21

Inspiron11 520.jpg
Foto:

A Dell está rejuvenescendo sua linha de computadores em busca da recomendação dos consumidores mais jovens, segundo Jonathan Guttell, diretor de Global Consumer Messaging da companhia. E uma das armas é a nova família Inspiron de notebooks híbridos 2-em-1, com telas touch de 11,6 e 13 polegadas, que estão sendo mostrados esta semana na feira Computex, em Taiwan.

Os equipamentos são ultrafinos - 1,94 centímetro de espessura - e uma dobradiça permite girar sua tela em até 360 graus, transformando-os de notebooks convencionais em tablets ou mesmo cavaletes. O recurso não é inédito no mercado -foi utilizado pioneiramente pela Lenovo em sua linha Yoga - mas a empresa acredita que o design e a qualidade dos equipamentos deverá fazer sua mágica.

“Não somos 'divertidos'", diz Guttell. "70% das decisões de compra de computadores na família é influenciada por jovens no ensino médio e na universidade. E a percepção deles é que a Dell faz produtos apenas para usar no trabalho ou na escola", afirma o executivo em entrevista à PC World americana. Guttelldiz que os novos design anunciados na Computex são resultado de "uma mudança de atitude da Dell, agora que é uma empresa privada, de assumir mais riscos.

inspiron 13 520

Ultraleves, Ultrafinos

O Inspiron 11 3000 estará disponível nos EUA em 19 de junho pelo preço de US$ 449. O Inspiron 11 utiliza processadores low-end Celeron e Pentium, da Intel, baseados na arquitetura Bay Trail. O equipamento pesa 1,39 kg e oferece bateria com duraçãod e oito horas. A resolução de tela de 1366 x 768 pixel é padrão na maioria dos notebooks e híbridos de baixo custo. A máquina tem uma entrada USB 3.0, disco rígido de 500 GB e 4 GB de memória.

Já o Inspiron 13 7000, disponível a partir de setembro, deverá custar perto de US$ 1 mil. O Inspiron 13 utiliza processadores mais poderosos - Intel Core i3 e i5 - baseados na arquitetura Haswell. Ele pesa 1,66 kg e está disponível com tela opcional HD com resolução de 1920 x 1080 pixel. O equipamento tem duas entradas USB 3.0, disco de 500 GB e até 8 GB de memória.

Mais recursos

A Dell fechou um acordo com a Dropbox para oferecer a todos os Inspiron armazenamento de 20 GB na nuvem. Os novos Inspiron também serão equipados com software de reconhecimento facial da Sensible Vision que destrava o computador e conecta com a internet assim que a webcam identifica o rosto do dono. Os dois modelos possuem uma webcam básica, uma entrada HDMI 1.4a e um leitor de cartão de mídia. Os usuários podem escolher entre o módulo Wi-Fi b/g/n padrão da Dell ou o módulo Wi-FI da Intel, 802.11ac.

A empresa também está fazendo esforços para oferecer melhor experiência de áudio. As máquinas vêm equipadas com o software de áudio de alta definição MaxxAudio, da Waves. 

Ubuntu opcional

Outra novidade dos Inspiron é oferecer a
opção de dois sistemas operacionais - o Windows 8 e o Ubuntu. A Dell
quer oferecer o Ubuntu em dispositivos touchscreen e já instalou o
sistema operacional no ultrabook XPS 13, apelidado de
"Projeto Sputink", que tem preço inicial de US$ 1.089 e tornou-se
popular entre os desenvolvedores que trabalham na criação de drivers de
Linux para ultrabooks e dispositivos touch. A opção do Ubuntu estará disponível na Europa, Oriente Médio, África, Ásia-Pacífico e Japão em junho.

A alternativa certamente não será buscada por jovens e ainda é muito difícil acreditar que o Ubuntu seja viável como opção de sistema operacional para tablets, especialmente porque a concorrência é dura com Apple, Google e
Microsoft na disputa.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail