Home > Dicas

Conecte os produtos Apple aos acessórios da casa e monte uma “iHome”

Veja como conectar o Mac a TV, ao som, videogame, iPod e deixar sua casa totalmente digital e, o melhor, sem fios.

Por Cauã Taborda, especial para o Mundo Apple

16/04/2008 às 15h20

machouse_150.jpg
Foto:

ihome_150Sem dúvida as casas estão se tornando lares tecnológicos, repletos de recursos multimídia e  computadores. E integrar todos esses recursos pode ser uma experiência muito interessante.

Imagine a comodidade de navegar na web via o televisor na sala, ou acessar as séries favoritas que estão no PC e escutá-las em um som pontente, ou até mesmo gravar um programa bacana de TV no seu notebook.

E se você tem um os maníaco, a experiência é ainda mais bacana. Afinal, a configuração de um ambiente interligado dentro da casa é simples e os produtos ligados a marca Apple quase não têm fios.

Um pouco de criatividade, investimento e vontade bastam para configurar a sua “iCasa” e aproveitar todos os benefícios que a maçã pode oferecer.

Sala de TV

Muitos podem pensar que o forte dos Macs é sua confiabilidade e segurança para trabalhar com gráficos e volumes de dados. Além deste ponto forte, com a chegada dos processadores Intel e de configurações mais maleáveis, os Macs ganharam uma capacidade incrível para trabalhar recursos multimídia.

Seja exibindo filmes em alta definição, controlando sistemas de áudio 5.1 ou mesmo organizando suas mp3 e playlists do iTunes em seu sistema de som.

++++

ihome_150Nem todos aceitam a idéia de um computador na sala, muitas vezes pelo tamanho que um gabinete ocupa, por não ser estético ou mesmo pelos fios que ficariam à mostra e poderiam até causar alguns tropeções.

O Mac mini acaba com esses problemas. Com um tamanho impressionantemente pequeno, um design atraente e com uma configuração potente, ele é o computador ideal para ficar ao lado da sua TV e gerenciar sua sala.

Um grande trunfo do Mac mini é sua saída de vídeo DVI/VGA, que oferece uma qualidade superior a qualquer outra conexão analógica. A maioria das TVs HDTV possui uma entrada DVI, para se conectar a esses televisores basta um cabo DVI.

Caso sua TV possua outro tipo de conexão, como Vídeo componente, S-vídeo, HDMI ou Vídeo composto, um adaptador DVI para o tipo do cabo que você possui irá solucionar o problema.

O Mac mini também pode controlar o seu sistema de som. A saída de áudio do mini na verdade faz o trabalho de duas saídas. Você pode conectar seu sistema de som com um cabo P2-P2 (minijack-minijack) ou P2-RCA (Cabo Y), as opções de cabos são as mais variadas e encontrar um para a sua necessidade de áudio não vai ser muito complicado. A saída de áudio do mini também pode enviar um sinal digital 5.1, para isso é necessário um cabo ótico de áudio digital.

Definidas as configurações e ajustes necessários para ligar o mini à TV, você precisa definir se sua central Apple controlará somente a exibição de seus DVDs, filmes/séries gravadas e vídeos do YouTube ou lhe fornecerá a opção de gravar seus programas de TV aberta ou TV Digital.

++++

Para essa última opção, você precisará gastar com um hardware que faça a ponte e a conversão do sinal que chega da TV para um formato que o Mac compreenda. O mais indicado é o Elgato EyeTV 250.

Este aparelho recebe sinal de TV aberta, sinal de TV digital e possibilita a gravação da programação em seu Mac com o software do produto.

ihome_arte

Escritório

Se você acompanhou com empolgação a idéia da sala multimídia com o mini, provavelmente já possui ou aceitará sem problema algum os benefícios de um escritório a La Mac.

++++

ihome_150A Apple oferece máquinas com preço justo para sua configuração, como os iMacs. As máquinas oferecem na configuração mínima processador Intel Core 2 Duo de 2 GHz, 1GB de RAM, 250GB de HD e placa gráfica ATI Radeon 2400XT. Essa configuração sai por 3,999 reais.

Essa configuração atende às necessidades de trabalho com processamento de textos, planilhas de cálculo, apresentações (estilo PowerPoint), renderização de imagens, vetorização e edição básica de vídeos. Além do espaço de 250GB para arquivos.

Outro grande trunfo do iMac é sua conectividade, além de sua tela de 20 polegadas e seu layout slim. Assim como todo bom Mac ele possui conectividade wireless com o AirPort, o que facilita sua conexão com sua central de mídia na sala, além de conexão Bluetooth para receber dados de seus gadgets, scanner e até impressoras.

A configuração de rede entre os Macs utilizando o AirPort é uma das mais simples possíveis, em poucos segundos seus arquivos, backup, iTunes, impressora, scanner e conexão de internet estarão compartilhados.

Se sua central de trabalho se comunicar com sua central de mídia, logo menos você terá o costume de baixar vídeos, gravar seus filmes em DVD e manter um arquivo digital de vídeos, o que lotará seu HD em menos tempo que você imagina.

++++

ihome_150O ideal é utilizar o Mac do escritório como um serviror, compartilhando a conexão de internet, periféricos e HDs externos, já que as entradas USB do mini serão utilizadas para conectar os aparelhos multimídia da sala.

Com essa comunicação entre escritório e sala, sua vida tecnológica pode ser bem mais confortável e eficiente, tornando sua central multimídia poderosa.

Escritório em ordem, sala de TV ok, mas para o entretenimento ser completo ainda faltam os games.

Games no Mac

A quantidade insignificante de títulos de games para Mac no Brasil é mesmo um desaforo para gamers e fãs da maçã. Para sanar esse problema, uma solução um tanto inusitada, mas eficiente, pode ajudar você a se divertir com seus games favoritos.

O Leopard possui o recurso Boot Camp, que permite a instalação de uma partição para Windows XP ou Vista no Mac. Apesar de para alguns isso ser um assassinato ao que a Apple oferece de melhor, resolverá todos os seus problemas com os jogos.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail