Home > Notícias

Conferência sobre o iPhone 4: rumores de última hora

Apple estaria preparando uma nova atualização de software e até um recall. Confirmações só após às 14h, horário de Brasília, quando começa o evento.

PC World / EUA

16/07/2010 às 11h23

Foto:

Com a proximidade da conferência surpresa convocada ontem pela Apple para falar sobre o iPhone 4, os rumores e especulações não param de aumentar. A companhia disse apenas que irá falar sobre o seu mais recente smartphone, lançado no último dia 24 em cinco países, incluindo os Estados Unidos. O que sabemos antecipadamente é que o foco será dado aos problemas de recepção do telefone, que ganharam as manchetes de todo o mundo após reportagem publicada no início da semana pela revista Consumer Reports afirmando que o problema era causado por uma falha no design da antena do aparelho.

O evento está agendado para acontecer hoje, 16/7, a partir das 14h00, horário de Brasília (10h00 na hora local da Califórnia, nos EUA).

Sem recall
Apesar das reclamações de consumidores, a Apple não planeja realizar o recall do iPhone 4, segundo informações do jornal norte-americano Wall Street Journal, conforme publicamos ontem, 15/7. Hoje o jornal The New York Times confirma essa informação, também citando uma fonte próxima do assunto.

Isso sugere que a Apple pode conseguir resolver os problemas de recepção com uma segunda atualização de software, já que a atualização liberada ontem, 15/7, do iOS 4.0.1, não parece ter resolvido o problema, mas apenas corrigido  uma falha na exibição das barras de sinal do iPhone.

iphone4390b

Quem sabia?
Informações sobre quem sabia sobre a falha de design do iPhone, e quando, também começaram a surgir. Conforme divulgamos ontem, 15/7, o site da Bloomberg News noticiou que o CEO da Apple, Steve Jobs, sabia sobre o problema ao menos um ano antes do telefone ser lançado. Entretanto, a companhia rapidamente rebateu a afirmação, dizendo que isso "simplesmente não era verdade", de acordo com o Wall Street Journal. A fabricante do iPhone também desafiou a Bloomberg a provar suas alegações. A Bloomberg permaneceu com sua informação inicial.

Jobs podia não saber sobre os problemas do iPhone, mas está claro que alguém sabia. Além da fonte anônima do NYT que falou a falha no software do iPhone 4, o Wall Street noticiou que a Apple lançou o smartphone "apesar das preocupações internas sobre a recepção da antena". O WSJ falou com várias fontes "familiares com o assunto". Uma delas teria dito que os engenheiros da Apple sabiam sobre a falha de design, mas que a companhia, mesmo assim,  decidiu seguir com o lançamento do telefone porque Steve Jobs "tinha gostado muito do design".

Recall: 10% de chance
O analista da Piper Jaffray, Gene Munster, soltou uma nota para clientes ontem, 15/7, falando sobre as chances do que a Apple poderia fazer sobre o problema do iPhone 4, segundo o site da Fortune.

Segundo ele, existe 50% de chance de a Apple oferecer um conserto nas lojas (in-store). Entre eles, cobrir o aparelho com uma camada não-condutiva para acabar com a perda de sinal. Munster acredita acredita ainda que exista 40% de chance de a companhia oferecer cases bumper gratuitos para os clientes. E 10% de chance de a Apple realizar um recall do aparelho.

Em algumas horas, tudo será esclarecido (ou não). Fique ligado na Macworld Brasil para mais informações sobre a conferência da Apple, que começa às 14h00 (horário de Brasília).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail