Home > Dicas

Conheça as especificações do novo padrão Wi-Fi Direct

Novo padrão de comunicação sem fio pode eliminar a necessidade de pontos de acesso ou roteador para transmissão de dados.

René Ribeiro, da PC World

22/10/2009 às 21h28

5manhas_semfio_150.jpg
Foto:

sem_fio_150Os dispositivos com padrão Wi-Fi de comunicação sem fio, em breve, poderão trafegar dados entre si sem a necessidade de um hotspot ou roteador. Como na tecnologia Bluetooth, notebooks, celulares e outros gadgets que tenham circuito Wi-Fi terão uma conexão chamada Wi-Fi Direct.

Para isso, a Wi-Fi Alliance, organização que define os padrões para este tipo de comunicação wireless, prepara uma certificação (prevista para meados de 2010) para essa nova especificação de conectividade. Essa organização rege o padrão Wi-Fi desde 1999 e, qualquer fabricante que desenvolva ou aperfeiçoe o padrão Wi-Fi, deve ser certificado por ela.

Mas os dispositivos existentes irão funcionar com a nova especificação? Os recentes protocolos (802.11 a/b/g/n) serão compatíveis? Será preciso um novo hardware? A Wi-Fi Alliance divulgou um documento esclarecendo essas dúvidas em forma de simples perguntas e respostas.

O que é exatamente o programa Certified Wi-Fi Direct?
O Wi-Fi Direct vai trabalhar em velocidades típicas do padrão Wi-fi e protegido por protocolos de segurança WPA2, incluindo WMM. Apenas empresas que façam parte da Wi-Fi Alliance serão capazes de oferecer essa tecnologia embutida em seus produtos.

As especificações para o Wi-Fi Direct foram desenvolvidas no âmbito da Aliança Wi-Fi por empresas associadas. Ela opera em dispositivos com o padrão Wi-Fi 802.11 e não vai alterar nenhum protocolo padrão 802.11.

Quando estará no mercado?
A Wi-Fi Alliance espera que as empresas comecem a desenvolver e testar produtos Wi-Fi Direct no início de 2010 e começar a certificação na metade do desse mesmo ano.

Compatibilidade
O Wi-Fi Direct será capaz de fazer as conexões de dispositivo para dispositivo (ponto a ponto) com padrões 802.11 a / b / g / n certificados. O Wi-Fi Direct não requer novo hardware para funcionar. Os fabricantes poderão fornecer o software para os dispositivos tradicionais. A certificação requer que a interoperabilidade entre os dispositivos Wi-Fi Direct e dispositivos antigos seja um elemento-chave.

Qual será o desempenho?
Será o mesmo dos padrões já existentes. No caso do padrão 802.11n, as taxas de transmissão podem ultrapassar  250 Mbps (megabits por segundo) e nos padrões 802.11 a / b / g podem chegar a 54 Mbps.

Quantos dispositivos pode ser conectados?
A organização ainda não fornece um número específico, apenas informa no documento que vários computadores poderão se conectar, mas estima-se que o número de dispositivos em uma rede Wi-Fi Direct deverá ser menor que o número suportado pelos tradicionais pontos de acesso e roteadores.

Um dispositivo poderá se conectar a uma rede Wi-Fi Direct e a uma rede Wi-Fi tradicional simultaneamente?
Todos os produtos com Wi-Fi Direct poderão se conectar em uma rede Wi-Fi Direct ou em uma rede Wi-Fi tradicional. Mas nada impede que sejam desenvolvidos produtos que se conectem nas duas redes ao mesmo tempo.

Um dispositivo Wi-Fi Direct poderá usar a rede Wi-Fi tradicional para acesso a internet?
Sim. Além disso, um único computador da rede Wi-Fi Direct poderá compartilhar a conexão com outros computadores da rede Wi-Fi Direct. Quanto à segurança, o domínio da rede Wi-Fi Direct opera separadamente do domínio da rede Wi-Fi tradicional.

Esse novo padrão irá acabar com os hotspots e roteadores?
Não. A intenção do Wi-Fi Direct é fornecer um caminho mais fácil e rápido para conectar dois produtos com padrão Wi-Fi. Hotsposts e roteadores ainda serão o caminho para acessar internet.

Em qual faixa de frequência o Wi-Fi Direct irá trabalhar?
Pode operar tanto em 2,4 GHz quanto em 5 GHz. Apenas dispositivos que operam nessas faixas (em uma ou ambas) poderão ser certificados.

Como a rede Wi-Fi Direct funciona?
O padrão conecta os dispositivos usando técnica semelhante aos pontos de acesso tradicionais. Um dispositivo Wi-Fi Direct irá fornecer a conexão a outros participantes de uma rede Wi-Fi Direct no lugar de um ponto de acesso. Como foi dito, o Wi-Fi Direct não exige hardware especial em relação ao ponto de acesso Wi-Fi tradicional.

Qual dispositivo Wi-Fi Direct irá criar e gerenciar uma conexão?
Os dispositivos irão realizar uma negociação para determinar qual deles é mais adequado. Isto pode ser determinado considerando uma série de fatores, como número de conexões aceitas, capacidade da interface de usuário e serviços oferecidos. O dispositivo Wi-Fi Direct que oferece a conexão, gerencia a criação, a permissões de acesso e a desconexão de qualquer dispositivo que fizer parte da rede.

Todos os dispositivos podem iniciar uma rede Wi-Fi Direct?
Sim, mas é mais provável que os dispositivos com mais capacidade de computação irão gerenciar a rede.

Como será a segurança da rede Wi-Fi Direct?
Terão proteção de chave WPA2, mas serão gerenciados separadamente do sistema de segurança na rede baseada na AP (casa, empresa, hotspot). Isso significa que tanto o Wi-Fi Direct e as redes de infra-estrutura são protegidos, mas os usuários de uma rede tradicional não precisam de credenciais para se conectar à rede Wi-Fi Direct.

O Wi-Fi Direct vai funcionar em ambientes corporativos?
Sim, a especificação foi escrita para funcionar em empresas e abrange funções de gerenciamento importantes. Dispositivos Wi-Fi Direct serão reconhecidos nos pontos de acesso de infra-estrutura. Pontos de acesso também serão capazes de desligar os dispositivos Wi-Fi Direct e / ou configurar os seus parâmetros, incluindo o canal de operação. O Wi-Fi Direct permitirá transferência de arquivos, impressão e visualização sem a necessidade de acesso à rede da empresa, aumentando a produtividade.

Como o Wi-Fi Direct vai se diferenciar do modo Ad-hoc (conexão de dois dispositivos já existente hoje)?
O Wi-Fi Direct possui a característica de descoberta de outro dispositivo, sem a necessidade de configuração. Além disso, oferece taxa de transferência maior do que uma conexão ad-hoc e um protocolo que fará melhor gerenciamento de energia para conexão ponto a ponto, além de seguir a qualidade de serviços WMM (Wi-Fi multimídia), que trata das especificações para manipulação de arquivos.

Como será o gerenciamento de energia?
Muitos dispositivos terão controle sobre demanda. Dispositivos Wi-Fi Direct vão se apoiar no gerenciamento de energia do WMM e, além disso, a especificação também vai definir novos modos de gerenciamento de energia.

Como vai funcionar o serviço de descoberta de rede?
Como todas as tecnologias Wi-Fi, o Wi-Fi Direct cria redes baseadas em uma faixa de endereços IP distribuída entre os dispositivos. Wi-Fi direto define um novo método de pré-descoberta de associação, dando aos dispositivos Wi-Fi Direct a capacidade de descobrir os dispositivos e informações limitadas sobre os serviços antes da associação (e antes de fornecer um endereço IP). A Pré-descoberta melhora a experiência do usuário, que irão saber se um serviço desejado (impressão, por exemplo) estará disponível na rede Wi-Fi Direct antes de fazer a conexão.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail