Home > Dicas

Conheça nove alternativas de players para se livrar do iTunes

Se você não gosta de usar o iTunes no Windows, saiba que não é o único e que há muitas opções para aproveitar bem seu iPod.

Ginny Mies, da PC World/EUA

27/10/2008 às 17h32

itunes_se-livre_150.jpg
Foto:

itunes_se-livre_150.jpgVocê ama seu iPod, mas odeia o iTunes? Esse é um sentimento comum entre as pessoas que têm algum dos vários modelos e geração de players da Apple mas que dependem da plataforma Windows para lidar com o dispositivo. Quem usa o iTunes junto com o sistema operacional da Microsoft sabe do que estamos falando.

PC WORLD realizou um ampla busca com o objetivo de identificar alternativas interessantes capazes de substituir - muitas vezes com ampla vantagem - o software criado pela empresa de Steve Jobs. Identificamos 9 opções – quase todas gratuitas, assim como o iTunes.

Songbird
Este tocador customizável e de código aberto se parece muito com o iTunes, mas tem mais potencial do que seu similar. O Songbird consegue lidar com diversos formatos de áudio, incluindo tanto o áudio codificado FairPlay da Apple como os arquivos DRM do Windows. Você pode personalizar o programa com add-ons para mudar seu visual, ampliar as opções de reprodução e adicionar novos recursos.

songbird_350

Ainda em beta, o Songbird fica devendo alguns componentes importantes. Principalmente gravação de CD, suporte a vídeo e compatibilidade para o iPhone e seu primo, o iPod Touch. Talvez você não queira usá-lo como seu principal tocador por enquanto, mas fique de olho no site do Songbird: há informações de que a equipe trabalha na inclusão dos recursos que faltam.

Winamp
Antes do iTunes, havia o WinAmp – e ele ainda está por aí. Agora em sua versão 5.54, o WinAmp possui uma tela reprojetada com fotos do artista e da capa do álbum, parecida com a do iTunes e a do Zune. O WinAmp ainda tem uma série de outros recursos legais, como um acervo de skins personalizáveis e um diretório para podcasts e acesso às estações de rádio da AOL.

winamp.jpg

MediaMonkey
O melhor substituto para o iTunes, o MediaMonkey tem bastante flexibilidade. Se você possui um acervo que precisa urgentemente ser reorganizado, experimente o MediaMonkey. Programa mais intuitivo de nossa lista, ele faz quase tudo que o iTunes faz – e vai além.

Este tocador detecta automaticamente faixas duplicadas, além de faixas nas quais falta informação e que não estão sincronizadas com seu tocador. As opções de reprodução são fantásticas; você pode ajustar seu áudio com o equalizador do software ou baixar um dos plug-ins para efeitos de áudio. O software também inclui um gerenciador de playlist que funciona arrastando e soltando as músicas – além do Auto-Playlist, que cria listas com base nos seus critérios de busca.

media_monkey.jpg

Você também pode gravar CDs de áudio, mas as versões gratuita dos codificadores MP3 e M4A estão limitadas a 30 dias, e a velocidade da gravação não passa de 4X. A versão gold, por 20 dólares, não possui essas limitações.

Anapod Explorer
Esse programa talvez seja o mais fácil dessa lista de aprender a mexer. Como o Anapod Explorer se integra ao Windows Explorer, gerenciar seu iPod se torna uma simples questão de arrastar e soltar.

Esse programa levinho também usa outros controles do Explorer. Entre os recursos empolgantes do Anapod Explorer estão reparos automáticos em músicas com informações erradas ou duplicadas, gerenciador de playlists e suporte para a transferência de músicas do iPod para o PC e vice-versa.

E, diferentemente do iTunes, o Anapod é um convite para que você use templates para personalizar a maneira que o iPod mostra as músicas. O programa suporta MP3, WAV, WMA, músicas do iTunes Music Store e, apesar de ficar devendo um tocador de mídia, o anapod Xtreamer permite que você toque músicas por meio de seu player favorito via streaming HTTP.

anapod.jpg

Mas esse bom programa tem um preço. Dependendo do seu modelo de iPod, o valor varia de 20 a 30 dólares. Há uma versão trial, mas com poucos recursos. E o Anapod não é compatível com iPod Touch e nem com o iPhone.

XPlay 3
Assim como o Anapod Explorer, o XPlay 3 se integra ao Windows Explorer e funciona com o Windows Media Player e Media Center (ou com o iTunes, se preferir). Ele utiliza os mesmos controles de gerenciamento de arquivo que o Windows Explorer.

O XPlay 3 não possui tantos recursos como Anapod, mas oferece edição rápida das informações de músicas e edição da capa de álbuns. Você pode usar o XPlay para gerenciar fotos no seu iPod também.

O programa custa quase o mesmo que o Anapod (30 dólares), mas a versão trial do XPlay 3 é totalmente funcional, de forma que você pode fazer um teste completo antes de comprá-lo. Mais uma vez, o software não suporta nem iPod Touch, nem o iPhone.

xplay3.jpg

Foobar2000
Como o Songbird, o Foobar2000 permite que terceiros criem add-ons para melhorar suas funcionalidades. Se você quiser um tocador de mídia que se destaque pelo aspecto estético, talvez seja melhor procurar outra coisa. O FooBar2000 possui uma interface detalhista, que você pode mudar de acordo com a forma que gosta de ver e organizar seu acervo.

O Foobar2000 toca diversos formatos que o iTunes não suporta (como Ogg Vorbis e FLAC). O tocador dispõe de saída de áudio em alta qualidade com suporte para ReplayGain, um algoritmo que mantém um volume de reprodução consistente para arquivos de áudio. Além disso, você pode gravar CDs e converter arquivos de áudio para outros formatos.

No entanto, como diz o site do Foobar2000, este player não é tão simples como o iTunes, visto que é mais avançado. Na qualidade de áudio, no entanto, ele é excelente.

foobar2000.jpg

Baixe o tocador e aprenda suas funções mais básicas, antes de você começar a baixar os componentes opcionais (que, entre outras coisas, permite tocar arquivos de música do iTunes protegidos contra cópia). Infelizmente, o Foobar não é um substituto completo para o iTunes: ele não permite sincronia com o tocador da Apple.

Floola
Se quiser liberar espaço em seu computador, esse pequeno aplicativo de código aberto para gerenciamento pode ser uma boa opção. O Floola faz quase todas as funções de gerenciamento do iTunes, incluindo importação de música de seu computador para seu iPod, lida com playlists e deleta músicas do iPod.

Ele não precisa ser instalado, podendo ser rodado a partir de um pendrive ou mesmo de seu iPod. O Floola permite que você gerencie suas músicas, fotos, vídeos, podcasts e playlists, além de converter arquivos de vídeo para um formato compatível com o iPod.

Apesar de o Floola ser um tocador de mídia, você provavelmente não vai querer que ele seja seu player padrão. Os recursos de reprodução são limitados: não há equalizador e os controles de volume não oferecem muita gradação.

foola.jpg

YamiPod
Mais um programa autônomo do criador do Floola, o Yamipod permite que você copie arquivos de áudio em AAC e MP3 de seu iPod para o PC e vice-versa. Ele inclui suporte a playlists, importação e exportação de arquivos, Last.fm, RSS e podcasts. Como o Floola, o Yamipod torna simples detectar e remover faixas duplicadas.

Ele também tem um tocador de músicas, mas não oferece equalizador. Um detalhe em seu projeto envolve a disposição dos arquivos na interface: o título do álbum, em vez do artista, vem logo depois do nome da música, o que pode incomodar aqueles acostumadas com o iTunes. O programa também não mostra gêneros, o que pode deixar a elaboração de playlists mais difícil.

yamipod.jpg

Sharepod
Já que o iTunes não permite transferir o conteúdo de seu iPod em outro PC, você precisa recorrer a outra coisa para esse recurso. Experimente o Sharepod, um programa leve, detalhista que não requer instalação e permite que você gerencie seu acervo em seu iPod por meio do Windows Explorer.

sharepod_350

Você pode copiar músicas, vídeos e playlists a partir de seu iPod para seu PC e importá-los para seu acervo do iTunes. O Sharepod possui uma interface limpa, intuitiva; mas diferentemente da maioria dos programas nessa lista, ele não reproduz músicas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail