Home > Notícias

Conheça quatro grandes melhorias de segurança do Windows 8

Novo sistema operacional da Microsoft terá recursos como três tipos de senha de login e antivírus pré-instalado

Eric Geier, PCWorld / EUA

18/05/2012 às 17h49

Foto:

Quando o Windows 8 finalmente for lançado, o que deve acontecer em outubro, a tela de início e os aplicativos com interface Metro serão as primeiras mudanças que serão notadas. Mas elas não são as únicas novidades do sistema operacional. A Microsoft também está fazendo grandes melhorias na segurança do software, para manter seu sistema mais seguro e melhorar a capacidade do Windows em combater vírus e malware. 

Antivírus pré-instalado
Pela primeira vez na história, você poderá aproveitar da proteção contra vírus, spywares, trojans, e outros tipos de malware no primeiro dia em que o computador for ligado, e sem gastar um centavo com isso. O Windows 8 chegará com uma versão atualizada do Windows Defender, que inclui funções de antivírus, além de proteção contra spywares e outros recursos de segurança que são oferecidos desde a versão Vista do sistema. O Windows Defender, no entanto, oferece proteção similar ao Microsoft Security Essentials, software oferecido aos usuários como download opcional desde 2009. Adquirir ou baixar um outro programa é opcional, e fica a critério do usuário daqui em diante. 

Downloads mais seguros
Quando a Microsoft liberou o Internet Explorer 9, a companhia inseriu no navegador o SmartScreen Filter, que ajuda a detectar e bloquear programas desconhecidos ou maliciosos, quando um download é iniciado. No Windows 8, o recurso é integrado ao próprio sistema, e funciona se você estiver usando o IE ou até mesmo outros navegadores, como Firefox, Chrome, entre outros. 

Ao executar pela primeira vez um software que foi baixado da Internet, o SmartScreen Filter faz uma verificação e vê se o arquivo executável está na lista de aplicações seguras, ou alerta se ele é desconhecido ou um malware em potencial. Se este último alerta surgir, você pode fazer uma investigação mais profunda a respeito do programa (e sua respectiva fonte) antes de abri-lo. Sendo assim, a empresa decidiu remover alertas anteriores, que apareciam pedindo sua autorização para executar certas aplicações. 

win8seguranca01.png
O pacote de antivírus da empresa já vem pré-instalado no sistema

Inicialização mais rápida e segura
A companhia de Redmond começará a proporcionar um novo tipo de método de boot chamado UEFI (abreviação de Interface Extensível de Firmware Unificada, em tradução livre), que melhora e substitui o arcaico sistema de BIOS, que muitos PCs têm utilizado por décadas. Graças a esse novo método (juntamente com outras melhorias do sistema), o computador irá iniciar de forma muito mais rápida, em até 8 segundos, a partir do momento em que você aperta o botão de força até o Windows carregar completamente a área de trabalho. Já o recurso de Secure Boot da UEFI irá evitar que malwares avançados causem danos ao computador, além de impedir que outros malwares de boot sejam iniciados. 

Apesar de o Windows 8 funcionar também em computadores antigos com sistema de boot BIOS, a Microsoft irá obrigar que novos PCs que tenham certificação do Windows 8 utilizem o UEFI com o recurso de Secure Boot habilitado por padrão. Por mais que essa ferramenta esteja causando certa preocupação na indústria de computadores e entre usuários avançados (pois isso poderia complicar a utilização de distribuições Linux ou sistemas de dual-boot), a companhia prometeu que o controle de boot ficará na mão dos usuários, e os fabricantes poderão oferecer aos seus clientes uma maneira de desativar o Secure Boot de seus PCs (mas não dos tablets).

Dois novos tipos de senha
O novo sistema operacional da Microsoft trará dois tipos diferentes de senhas, que podem ser utilizadas ao fazer login na sua conta do Windows: um PIN de quatro dígitos e uma senha de “imagem”. Esta última permite ao usuário escolher uma foto ou imagem e desenhar três gestos (uma combinação de círculos, linhas retas ou toques) em diferentes lugares para criar uma senha. 

Mesmo se você decidir utilizar os novos tipos de senha, ainda é necessário configurar uma senha comum - o PIN oferece uma maneira mais rápida de acessar o sistema, enquanto que o método por imagem é mais divertido e interativo. Você ainda precisará inserir sua senha para determinadas tarefas, como quando é necessário a aprovação do administrador para fazer mudanças em configurações do sistema, por exemplo. 

win8seguranca02.png
Com a senha por imagem, a combinação é feita a partir de três gestos em cima de uma foto

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail