Home > Notícias

Consultoria rebaixa ação da Apple por conta da saúde de Jobs

Após saída da Macworld Expo, Oppenheimer desaconselha compra de ações da Apple até que estado de saúde de CEO seja divulgado.

Redação do IDG Now!

17/12/2008 às 11h47

Foto:

No dia seguinte ao anúncio que não participará mais da Macworld Expo, em São Francisco, a Apple teve suas ações rebaixadas pela consultoria Oppenheimer & Co nesta quarta-feira (18/12).

A consultoria rebaixou a atuação da fabricante de "outperform" para "perform" e começou a desaconselhar a compra de ações da Apple em longo prazo, segundo a Reuters.

Para voltar a ser interessante para investimentos a longo prazo, a Apple precisaria revelar o estado de saúde do seu co-fundador e CEO, Steve Jobs, e traçar um plano viável de uma eventual transferência de poder.

Na noite desta terça-feira (17/12), a Apple afirmou publicamente que Jobs não fará o keynote de abertura da Macworld Conference & Expo 2009, deixando a obrigação para o vice-presidente sênior de marketing de produtos, Phill Schiller.

O keynote de Schiller também marcará o último da Apple no tradicional evento centrado em seus produtos que acontece em São Francisco desde 1985.

A IDG Expo, responsável pela organização do evento, afirma que a edição 2010 da MacWorld Conference & Expo acontecerá normalmente.

A saúde de Jobs esteve no foco de discussões do mercado após o executivo ter sofrido um raro tipo de câncer no pâncreas e ter aparecido cada vez mais magro e debilitado nos últimos keynotes que ministrou.

A preocupação dos investidores atingiu um ponto em que Jobs, durante apresentação em outubro, apresentou aos presentes um slide com sua pressão sangüínea.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail