Home > Notícias

Consumo de eletrônicos no Japão cai pela primeira vez em 17 meses

Segundo associação, as vendas recuarem 9,2% em outubro. Só o comércio de TVs LCD mantive bons resultados.

IDG News Service/Japão

25/11/2008 às 10h55

Foto:

As vendas de eletrônicos no Japão registraram em outubro sua primeira queda em 17 meses, devido à diminuição de gastos com gadgets e ao fato de as lojas oferecerem menos estoque de produtos.

O total de vendas domésticas atingiu 23,3 bilhões de dólares no mês, uma queda de 9,2% em relação a outubro de 2007, de acordo com dados da Associação das Indústrias de Eletrônicos e Informação do Japão (JEITA).

O valor das vendas de produtos de vídeo caiu 8,7%, também a primeira queda em quase um ano e meio. Já os produtos de áudio sofreram 5,9% de diminuição nas vendas.

O setor de TVs registrou dados alternados. As 612 mil TVs de LCD de tamanhos grandes - acima de 37 polegadas - vendidas no mês se equipararam ao número de unidades de outubro do ano passado. Já as de 37 polegadas ou menos aumentaram 4% como resultado da queda de preços. As TVs de plasma tiveram uma queda ligeira, mas não significativa.

Enquanto as vendas de aparelhos que tocam e gravam DVDs caíram, foram vendidos 167 mil players de Blu-ray, quatro vezes mais que no mesmo período de 2007. Não há grande surpresa quanto a este número - afinal, no ano passado, a guerra dos formatos de disco de alta definição, entre o HD DVD e o Blu-ray, teve neste último o vencedor.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail