Home > Notícias

Contas “hackeadas” do iTunes são vendidas por US$ 8 na China

Compradores são alertados para fazerem as transações em um período de até 12 horas, para que o verdadeiro dono não tenha tempo de alterar a senha

IDG News Service

07/01/2011 às 17h47

Foto:

Vendedores no site chinês Taobao.com estão negociando contas do iTunes e App Store cheias de créditos por preços baratos. Alguns serviços permitem a compra de 100 dólares em produtos no iTunes por meros 55 yuan (pouco mais de oito dólares).

O segredo? Segundo a imprensa chinesa, os crackers (criminosos da Internet, também conhecidos como "hackers do mal") venderam milhares de contas no site sem dizer de onde essas contas vieram. Um deles afirma somente que as contas foram “possivelmente” obtidas a partir de hackers, contudo destaca que a compra desses serviços teria sido feita dentro da legalidade, porque as contas eram originadas nos EUA!

As contas vendidas aconselhavam aos compradores a utilizarem os créditos dentro de um período de 12 horas, manobra para evitar que os donos originais percebam as transações não autorizadas e cancelem as informações do cartão de crédito.  A Apple ainda não resolveu o problema, e somente aconselhou aos usuários a trocar suas senhas do iTunes imediatamente. 

Na China, as contas roubadas são muito atraentes pois muitos consumidores não conseguem criar esses registros, pelo fato de que as transações no iTunes só são feitas via cartão de crédito, algo que muitos consumidores chineses não possuem. Até o momento, o site Taobao não tomou nenhuma providência, alegando que não recebeu nenhuma reclamação da Apple a respeito das contas. 

itunesnovologojpg.jpg

Contas com créditos são vendidas muito abaixo do preço original

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail