Home > Notícias

Contra “polêmica”, Claro desiste de taxa por iPhone

Operadora diz que 'não quer gerar polêmica' e mantém reserva sem cobrança. Usuários que já pagaram a taxa serão ressarcidos.

Daniela Braun, editora executiva do IDG Now!

01/09/2008 às 20h28

Foto:

A Claro desistiu de cobrar uma taxa de 100 reais para interessados em reservar o iPhone 3G, que será lançado pela operadora em setembro.

"A ação, que tinha por objetivo simplificar e agilizar o processo de
venda para aqueles que realmente desejam adquirir o aparelho, gerou
polêmica. Por isso, a Claro optou por não mais cobrar o valor de 100
reais", comunicou a operadora na noite desta segunda-feira (01/09).

A "polêmica" à qual se refere à operadora foi levantada por consumidores, como o leitor do IDG Now!, Anderson, e pelo Procon-SP. O órgão de defesa do consumidor considerou a oferta ilegal porque a operadora não informa o preço do aparelho, nem a data de entrega. Caso desistisse da oferta, o usuário correria o risco de perder os 100 reais investidos na reserva.

Na semana passada, a operadora começou a telefonar para os clientes que efetuaram o cadastro em seu site para fazer a oferta de reserva mediante o pagamento da taxa, que seria descontada do valor do iPhone 3G. A operadora informou ter recebido mais de 100 mil cadastros de interessados no celular da Apple.

"Os clientes que já realizaram o pagamento como parte da reserva serão contatados pela operadora para a devolução do valor, sem que isso altere o fato de serem um dos primeiros a adquirir o iPhone 3G da Claro", explicou.

A empresa também informou que continuará entrando em contato com as pessoas cadastradas em seu
site, para obter informações sobre o iPhone 3G, a fim de verificar o
interesse na aquisição do aparelho.

O iPhone 3G foi lançado comercialmente no dia 11 de julho em 21 países. O Brasil deve receber oficialmente o modelo em setembro. A Claro, segundo informações de mercado, deve ser a primeira operadora a lançar o celular.

Vivo e TIM também prometem ter o iPhone 3G, mas as duas operadoras não informaram quando vão tornar o celular disponível ao consumidor.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail