Home > Dicas

Converta música e vídeo para seu tocador de mídia sem complicação

Programas de baixo custo ajudam a manter o player abastecido em longas viagens; é só usar o formato mais adequado a seu aparelho.

Por Zack Stern, da PC World/EUA

15/05/2008 às 16h46

Foto:

audio_video_simples_150Estou me preparando para uma viagem de última hora – carregando meu iPod Video enquanto junto pilhas de roupas dentro da mala. Eu já tenho 25 GB de músicas carregadas, mas como o iTunes não importa meus DVDs, meu iPod “Vídeo” está apenas no nome – a não ser que eu gaste muito dinheiro na loja online da Apple.

Felizmente, assim como Jack Bauer (do seriado 24 Horas) conhece rotas alternativas durante a hora do rush de Los Angeles, eu conheço truques para driblar o iTunes e adicionar esses filmes em meu player. Eu posso inclusive transferir meus vídeos favoritos do YouTube e copiar programas de TV. E posso melhorar minha lista de músicas do iPod ripando uma cópia de algum CD ou fazendo download de músicas gratuitas em sites de rádios online.

Confira, a seguir, essa e outras dicas para conversão de mídias e tarefas relacionadas, para quem usa iTunes, Windows Media Player, iPod e Zune, entre outros. Meu vôo pode decolar dentro de 24 horas, mas meu player estará pronto.

Ripe um DVD para o iPod

O iTunes não pode importar filmes em DVD do mesmo modo que captura áudio de CDs, mas existe um método fácil para converter tais vídeos em um formato compatível com o iPod. Esses passos irão inclusive funcionar com seus vídeos de família e deverão transferir outros títulos que possuir (note que ripar filmes pode implicar em termos legais e éticos).

anydvdripper

Ripar vídeo do disco – Use o AnyDVD (US$ 70, mas que tem um trial por 21 dias) para mover os arquivos de vídeo para o seu disco rígido. Inicie o AnyDVD Ripper (imagem acima), escolha um destino e clique Copy DVD. Dependendo de quão rápido for seu PC e seu drive de DVD, transferir o vídeo pode levar cerca de 20 minutos.
++++
Prepare o vídeo para o seu iPod
– O Roxio Crunch (US$ 40) comprime vídeos para o formato lido pelo iPod. Embora alternativas gratuitas existam, a simplicidade do Crunch e a interface intuitiva (imagem abaixo) justificam seu preço. Abra o Crunch, clique em Add Movies e navegue pelas pastas do HD para encontrar onde está o arquivo ripado.

media_selector

Para ajudá-lo a encontrar o que precisa, o Crunch mostra prévias em frames de cada arquivo – uma grande ajuda, já que muitos DVDs contêm arquivos múltiplos de vídeo. Você também pode usar o recurso incluso de identificação do vídeo principal pela duração. Procure por um arquivo que tenha mais de uma hora de duração. Pressione Ctrl e - para selecionar múltiplos arquivos, se desejar. Clique OK.

Escolha o formato correto para o seu player – Para a maioria dos iPods que rodam vídeo, uma boa opção é o padrão iPod Standard. Verifique que o botão do rádio envia um arquivo/pasta (em vez de importar direto do iTunes) para armazenar o arquivo resultante em qualquer lugar do seu PC.
++++
Selecione Save As, localize o destino, clique para adicionar o arquivo no iTunes automaticamente e escolha Ok. Dependendo da velocidade do seu PC e da duração do vídeo, a decodificação pode levar de uma a duas horas.

Carregue suas estações – Uma vez que tenha convertido seus vídeos para o formato desejado, adicione-os à biblioteca do iTunes, arrastando o arquivo para a janela do software da Apple ou no menu de aplicativos, clicando em File, Add File to Library. Muitas vezes, o iTunes aloca programas de TV, filmes e outros downloads em pastas erradas na biblioteca. Para redirecionar um vídeo à sua pasta correta, clique com o botão direito no arquivo que está na categoria errada, selecione Get Info, clique na aba Vídeo, então ajuste a opção Video Kind e mova o programa para a categoria apropriada.

Grave músicas de rádios online

As estações de rádio online facilmente triunfam sobre as redes terrestres nacionais, com acesso ilimitado a diversas opções e (dependendo do seu tipo de conexão) com ótima qualidade. Com as ferramentas adequadas, você também pode gravar essas estações, colocando as músicas em uma pasta, tão fácil quanto as gravações que fazíamos das rádios FM em fitas-cassete. Apesar da interface complicada, o programa Radiotracker Premium (US$ 25, imagem abaixo) fornece diversas opções para gravar e cortar músicas de múltiplas estações de maneira automática e simultaneamente. A versão Platinum, de US$ 37, vai além e permite que você procure por artistas e músicas específicas.

radio_tracker

Inicie o Radiotracker e clique no botão Stations. Navegue na lista de gêneros ou digite o nome da sua estação favorita. Escolha a que gosta e clique na estrela Favor; então feche a janela clicando no X vermelho no canto direito superior.
++++
Na interface principal, desmarque a caixa Genre e clique na caixa Favorites, deixando apenas essa opção selecionada. Suas estações devem aparecer listadas na janela inferior. Se você possui banda larga, clique em Start Autorip para gravar todas de uma só vez. O programa irá capturar todas as canções e posicioná-las ao lado direito da tela, com informações completas como tags para artistas e títulos.

O Radiotracker separa as músicas e tem como base tags das estações – muitas vezes, os valores reais de início e finalização das músicas diferem em alguns segundos. Isso pode fazer o Radiotracker puxar parte da próxima canção por engano. Se necessário, corrija o início e o fim manualmente, clicando na música e usando o botão Cut.

O programa não adiciona músicas à biblioteca do iTunes, mas você pode automatizar esse processo usando um utilitário gratuito chamado iTunes Folder Watch.

Instale, abra o programa e selecione a pasta de áudio do Radiotracker. Enquanto você grava as músicas, o Folder Watch as importa para o iTunes. No Windows Media Player, clique com o botão direito em Biblioteca, selecione Arquivo e Adicionar à Biblioteca, para realizar as mesmas tarefas.

Veja na tabela abaixo os formatos compatíveis com cada tipo de tocador de mídia.

tabela_player

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail