Home > Dicas

Converta vídeos para qualquer dispositivo

Saiba como transformar seus DVDs e vídeos favoritos para assistir em iPods, iPhones ou na Apple TV.

Jonathan Seff, Macworld/EUA

01/10/2008 às 16h53

Foto:

A iTunes Store é um grande repositório de vídeos para o iPod, iPhone e Apple TV, mas só funciona para quem tem uma conta cadastrada nos Estados Unidos (brasileiros só compram alguns aplicativos para iPhone/iPod touch na App Store). E se você tem DVDs em casa, ou filmes domésticos e outros vídeos? Com a ajuda de programas gratuitos ou baratos, você pode converter essas mídias em formatos compatíveis que pode ver em qualquer lugar.

1) DVDs
Antes de falar sobre isso, lembramos que é uma zona nebulosa, legalmente falando. “Ripar” DVDs comerciais significa burlar os métodos de proteção contra cópias usados nesses discos e a legalidade de usar esse tipo de software é questionável – mesmo se você comprou o DVD e está apenas “transformando-o” em um novo formato. Os riscos são seus.

Para essa tarefa, recomendamos o programa gratuito HandBrake 0.9.2, compatível com Macs PowerPC ou Intel, rodando OS X 10.5 apenas (existe uma versão anterior do HandBrake compatível com o 10.4, com menos recursos).

Abrir o DVD Insira seu DVD no Mac e abra o Handbrake. Para facilitar a compatibilidade com o iTunes, abra as preferências do HandBrake e selecione a opção Use iPod/iTunes Friendly (.m4v) file extension for MP4 no menu General. Selecione ainda a opção Use Chapter Markers for MP4 para manter os capítulos do DVD.
Ao ser iniciado, o programa irá abrir uma janela para escolher o DVD. Clique no nome do disco e clique em Open. O HandBrake irá abrir automaticamente o filme – que é o título mais longo no disco – mas, se não, selecione-o a partir do menu Title.

Caso o HandBrake não consiga ler o disco – isso ocorre às vezes com DVDs mais novos com proteção especial contra cópias -, baixe uma versão gratuita do MacTheRipper 2.6.6, que deve resolver o problema. Se isso não funcionar, é preciso se cadastrar no fórum do MacTheRipper e contribuir para o desenvolvimento do software.

Depois de ripar uma cópia do DVD para seu disco rígido, abra o HandBrake e abra a pasta VIDEO_TS do disco que você importou.
Escolha  o formato Arquivos têm limites distintos dependendo do codificador usado e o hardware que irá reproduzi-lo. Por exemplo, iPods e iPhones podem lidar com arquivos em formato H.264 com resolução máxima de 640 x 480 pixels. A Apple TV lida com arquivos H.264 de até 5 Mbps e 1.280 x 720 pixels a 24 quadros por segundo, ou 960 x 540 pixels a 30 qps. Felizmente, o HandBrake inclui definições para todos os dispositivos da Apple mencionados acima, e usa o codec H.264 por padrão.

Para acessar essas definições, clique em Toggle Presets no topo da janela do HandBrake (se você notar poucos itens listados, selecione Presets | Update Built-in Presets). Dependendo do dispositivo, escolha as definições seguintes: AppleTV, iPhone/iPod Touch, iPod High-Rez ou iPod Low-Rez. Cada uma delas cria um arquivo H.264 com distintas configurações (bit rate, tamanho da tela e por aí vai).

Modifique as configurações. Na nossa experiência, as taxas de transferência de bits são, por padrão, maiores que o necessário no HandBrake. Se espaço de armazenamento é um problema no seu dispositivo, teste exportar o vídeo com taxas menores – para avaliar o resultado, tente com apenas um capítulo do DVD.
Para iPhone/iPod touch Se você prefere usar a tela inteira ao ver filmes, e quer dar o duplo toque para zoom, considere uma altura maior que a pré-definida pelo HandBrake, com largura sempre de 480 pixels.

handbrake-interna

O HandBrake permite configurar manualmente as opções de exportação de vídeo

Para isso, vá ao botão Picture Settings (no canto direito inferior da aba Video) e se assegure que a opção Keep Aspect Ratio está marcada na janela. Clique na seta para cima próxima à medida de altura até ela ficar próxima de 320, e clique em Close. Lembre que uma tela maior significa um arquivo maior.

Após definir as configurações de vídeo, você precisa ir à aba Audio & Subtitles. Veja se o HandBrake selecionou o idioma correto no menu pop-up Track 1 e deixe as demais definições como estão. O software, ao ripar um DVD para a Apple TV, tem como padrão inserir a trilha de áudio em AAC e AC3 (que preserva os canais 5.1 surround, se existirem). Você pode escolher apenas AAC, para salvar espaço.

Finalmente, se você vai ver seus DVDs ripados em mais de um aparelho – como o iPhone e a Apple TV, por exemplo, deve considerar copiar os arquivos em um formato que serve a múltiplas necessidades. Defina como iPod High-Rez para incluir áudio em AAC e AC3 vai criar um arquivo  um pouco maior que o necessário para o iPhone, mas com bit rate e tamanho de tela bons o suficiente para ver na TV (e ainda com o bônus do som surround).

Depois de definir as configurações, você está pronto para copiar o disco para o seu dispositivo. Entre com o nome e destino do arquivo e clique em Start. Dependendo da duração do filme e da velocidade do seu computador, isso pode levar algumas horas (o formato H.264 requer bastante do seu processador).

Para episódios de TV Se você quer ripar diversos elementos de um DVD – como programas de TV, por exemplo – determine as configurações que quer para todos os episódios, e encontre todos os títulos que têm a mesma duração (cerca de 22 minutos para um programa de meia hora e 43 minutos para um de uma hora). Escolha o primeiro título, dê um nome ao arquivo e clique em Add to Queue no topo da janela do Handbrake. Repita isso para outros episódios, dando a cada um deles um nome único. Ao terminar, clique em Start e deixe o Mac trabalhando.

Um problema comum em programas de TV em DVD é que eles podem ter imagens em varredura entrelaçada (interlaced) – o que gera boas imagens em TVs CRT, mas o resultado pode ser desanimador em um LCD ou Plasma. Para corrigir isso no Handbrake, escolha uma das opções Deinterlace após clicar no botão Picture Settings.

2) Vídeos do seu disco rígido
Vídeos não estão limitados aos DVDs. Seu disco rígido deve estar cheio de vídeos que quer levar no iPhone. Se o arquivo pode ser aberto no QuickTime, você pode usar o comando exportar (Movie To Apple TV, Movie To iPhone ou Movie To iPod) na versão paga (30 dólares) do QuickTime. O software da Apple irá criar um arquivo que roda em todos esses dispositivos.visualhub-interna

Mas a conversão via QuickTime não é compatível com todos os tipos de arquivo, não tem um recurso de codificação em lote e não permite alterar as configurações. Para mais flexibilidade, pode usar o Visual Hub 1.34, da Techspansion, um software que custa 23 dólares. Ele inclui opções para Apple TV, iPhone e modelos específicos de iPod.

Abra o VisualHub, clique no botão iTunes na seção To e escolha o dispositivo que quer exportar (no menu pop-up Optimize For) e a opção de exportação (H.264 Encoding) – caso contrário, o vídeo será criado em MPEG-4. Depois, arraste os arquivos para o painel central e clique em Start. Se não ficar feliz com os resultados, pode aumentar a qualidade na barra Quality para High ou Go Nuts. Como o Handbrake, o VisualHub permite escolher o tipo de áudio para incluir com a exportação para a AppleTV.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail