Home > Notícias

Corte de preços do Windows Vista não valerá para o Brasil, diz Microsoft

Microsoft Brasil relaciona impossibilidade de cortes no Windows Vista, anunciados globalmente, com diminuição dos preços do XP no país.

Por redação do IDG Now!

29/02/2008 às 12h22

Foto:

Os cortes de preços nas quatro versões embaladas do Windows Vista, anunciadas pela Microsoft nesta quinta-feira (28/02), não valerão para o mercado brasileiro, confirmou o braço nacional da empresa.

"A decisão não afetará o Brasil neste momento, uma vez que os valores do produto Windows têm sido reduzidos desde 2005", afirma a Microsoft Brasil, relacionando a impossibilidade de queda no preço do Vista em decorrência de cortes no XP.

O lançamento mundial do Windows Vista para consumidores finais, inclusive no Brasil, foi no dia 30 de janeiro de 2007. 

A companhia não esclareceu qual a relação entre a manutenção do preço do Vista no mercado nacional e supostos cortes de preços na versão anterior do sistema operacional, o Windows XP.

Segundo o anúncio divulgado pela Microsoft, os preços das quatro versões do Windows Vista em caixas sofrerão cortes ainda não oficializados de preços a partir das próximas semanas como forma de marcar o lançamento do Service Pack 1 do Vista.

A companhia de software afirmou que as diminuições deverão se concentrar nos países em desenvolvimento, onde o sistema operacional poderá ter seu preço cortado até pela metade.

Em mercados mais maduros, como Europa e Estados Unidos, os cortes deverão ser menos impactantes.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail