Home > Notícias

Crackers usam perfis invadidos do Facebook para envio de spam

Pesquisador liga ataque a gangue cibernética da Rússia, que começa a usar contas invadidas da rede social como ferramenta de spam.

IDG News Service / EUA

08/05/2009 às 9h06

Foto:

Cibercriminosos que perseguiram usuários do Facebook com golpes online, na última semana, agora começam a enviar mensagens de spam - e-mails indesejados - e golpes por e-mail, a partir contas invadidas na rede social.

Alguns dos spams contêm mensagens de oferta do medicamento Viagra, mas outras são perigosas, afirmou o porta-voz do Facebook, Barry Schnitt, nesta quinta-feira (07/05). "Algumas apontam para sites onde os usuários baixam adwares [com softwares para roubo de senhas e dados bancários]", diz o porta-voz.

Schnitt afirma que o Facebook começou a bloquear todos os spams na manhã de ontem, além de apagar as mensagens e trocar as senhas das contas que enviaram os e-mails falsos.

Entre os sites usados para instalar programas maliciosos na máquina da vítima está um endereço hospedado em um datacenter na Letônia, segundo Paul Ferguson, pesquisador da fornecedora de antivírus Trend Micro, que liga a tentativa de golpe às ações de uma quadrilha de cibercriminosos da Rússia.

Os 200 milhões de usuários do Facebook foram afetados por uma onda de golpes online tentando levar internautas a acessarem sites falsos que se pareciam com a rede social. Usuários que podem ter acessado estas páginas devem atualizar suas senhas, recomenda o Facebook.

pcw_logo_twitter_73.jpg
> Siga PC WORLD no Twitter em http://twitter.com/pcworldbrasil

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail