Home > Notícias

Crackers usam registros falsos para transporte ilegal de madeira

Segundo o Greenpeace, invasão de controle do permitido para comercialização desviou 1,7 milhão de metros cúbicos de madeira.

Redação do IDG Now!

12/12/2008 às 19h19

Foto:

Crackers estão falsificando registros online que controlam o transporte de madeira no Pará para aumentar o total permitido para comercialização, informou o Greenpeace nesta sexta-feira (12/12).

Contratados pelas empresas que promoviam a ilegalidade, os crackers invadiam o sistema de controle para promover a ação.

Segundo o Greenpeace, cerca de 1,7 milhão de metros cúbicos de madeira foram envolvidos no esquema - total que encheria 680 piscina olímpicas.

Cerca de metade das 107 madeireiras e carvoarias envolvidas no esquema já foram processadas por crimes ambientais. No total, 202 pessoas são acusadas.

As investigações, que tiveram início em 2007, já resultaram na prisão de 30 crackers chefes da quadrilha.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail