Home > Notícias

Cray e governo dos EUA irão construir supercomputador de 20 petaflops

Corrida global pelo computador mais rápido do mundo ganha mais um competidor. Máquina será utilizada para simulações nucleares.

Patrick Thibodeau

24/10/2011 às 19h43

Foto:

A fabricante de supercomputadores Cray anunciou este mês que venceu um contrato com Laboratório Nacional do Departamento de Energia dos Estados Unidos para construir um sistema capaz de alcançar um desempenho de até 20 petaflops (unidade de medida de processamento de computador). O acordo vale mais de 97 milhões de dólares, de acordo com a empresa. 

O novo sistema, chamado Titan, deve ser completado por volta de 2013. É um grande upgrade do atual supercomputador em uso no Laboratòrio, chamado Jaguar, que também foi construído pela Cray, e que alcança até 2.33 pentaflops. Cada nó computacional no Jaguar possui dois processadores AMD Opteron. O sistema do Titan irá incluir unidades de processamento gráfico (GPUs), assim como CPUs. O projeto envolve remover um dos processadores Opteron em cada nó do Jaguar e substituí-lo por uma GPU da Nvidia. O novo sistema poderá incluir até 18 mil GPUs. 

“Vemos isso como mais um passo rumo a um novo tipo de sistema, que será de 100 petaflops” afirmou Sumit Gupta, gerente do setor de Tesla GPU da Nvidia. GPUs têm sido consideradas, em geral, como experimentais na supercomputação, de acordo com Steve Conway, analista do IDC. 

A Oak Ridge afirmou que os pesquisadores irão utilizar o Titan para “aumentar o realismo de simulações nucleares”  e “melhorar o poder das simulações das previsões climáticas”, entre outras coisas. A IBM também está construindo um supercomputador de 20 petaflops, batizado de Sequoia, que deve ser completado até o fim do ano que vem. Hoje, o computador mais rápido do mundo é o japonês “K”, que possui 8 petaflops. 

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail