Home > Notícias

Cresce 70% o número de ataques a redes sociais em 2009

Entre os sites, o Facebook é o que oferece mais risco para empresas, de acordo com estudo da companhia de segurança Sophos.

Redação do IDG Now!

01/02/2010 às 13h11

Foto:

Os ataques contra usuários de redes sociais como o Facebook e o Twitter estão aumentando de forma significante no mundo, segundo um relatório publicado nesta segunda-feira (1/2) pela companhia de segurança de Tecnologia da Informação Sophos.

A investigação de “segurança social” da companhia mostra que os cibercriminosos têm dado mais atenção a ataques contra redes sociais nos últimos meses, com um grande aumento em registros de spam e malware.

Além disso, a Sophos entrevistou mais de 500 organizações e relatou que
72% delas estão preocupadas com a possibilidade de o comportamento de
seus funcionários em redes sociais  oferecer risco aos negócios,
infraestrutura ou até mesmo a dados confidenciais.

ataques_redes_sociais.jpg

Facehacking
Os entrevistados também foram questionados sobre quais redes sociais poderiam representar o maior risco às empresas. O Facebook liderou as respostas, com 60%, seguido pelo MySpace, com 18%.

O relatório de ameaças da Sopho também mostra que 49% das companhias
permitem o acesso sem restrições ao Facebook, um aumento de 13% em
relação há um ano atrás.

ataques_redes_sociais2_fix.jpg

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail