Home > Notícias

Criado pela Samsung, protótipo de rede WiMAX2 chega a 330 Mbps

Tecnologia foi usada em uma feira no Japão para transmitir, via streaming, filmes 3D Full HD ; Padrão deverá ser formalizado até novembro

Network World/US

05/10/2010 às 16h14

Foto:

Sim, foi só uma apresentação. Ainda assim, nos testes da Samsung com o WiMAX2, uma incrível velocidade de 330Mbps (Megabits por segundo) foi alcançada.

A empresa sul-coreana está exibindo a tecnologia ao público da conferência CEATEC IT, em Tókio, Japão, em parceria com o provedor japonês UQ Communications. Um exemplo foi a transmissão via streaming de vídeos 3D Full HD.

O novo padrão é uma evolução do WiMAX, utilizado por operadoras como a Clearwire e a Sprint para oferecer conexão sem fio nos Estados Unidos, mas em uma velocidade muito inferior: até 5 Mbps. Com o nome formal de 802.16m, o padrão WiMAX 2 será finalizado até novembro pelo Instituto de Engenheiros de Eletrônicos e de Eletricidade (IEEE, na sigla em inglês). Além de ser superior ao seu predecessor em termos de banda máxima, especialistas esperam que ele também prime pela estabilidade, com média de 100 Mbps para o download de dados.

Velocidade alta e alcance limitado
No entanto, por maior que seja a velocidade garantida com a atualização, os consumidores não devem esperar que ela cubra uma área maior que WiMAX convencional  – 31 quilômetros quadrados por ponto de acesso. Por outro lado, a boa notícia é que o 802.16m é compatível com o 802.16e, o padrão usado atualmente, ou seja, quando as operadoras resolverem alterar sua estrutura para se adaptarem à inovação, poderão fazê-lo a um custo relativamente baixo e com poucas interrupções ao serviço.

A Clearwire é a única empresa americana a operar sua rede sem fio no padrão 802.16e; portanto, grandes companhias, como Sprint, Comcast e Time-Warner, deverão, a princípio utilizar sua infraestrutura para oferecer conexões de alta velocidade a seus clientes. Verizon, AT&T e T-Mobile devem seguir um caminho diferente, já que planejam usar outro tipo de tecnologia, o padrão LTE, para chegar à mesma qualidade de Internet rápida em até dois anos.

Ambos, WiMAX e LTE, devem dividir o mercado até 2013, período em que a velocidade da Internet móvel dobrará a cada ano, o que resultará em um tráfego de dados mensal de 2,2 milhões de Terabytes, de acordo com a Cisco.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail