Home > Dicas

Crie e compartilhe suas listas de músicas do iTunes

Saiba como montar playlists para reprodução das canções favoritas e dar de presente a outros usuários

Macworld / EUA

03/01/2011 às 17h10

Foto:

Você costuma organizar playlists com suas músicas favoritas para uma festa, para ir à academia ou para ouvir na ida ao trabalho, e deseja compartilhar essa lista de reprodução com os amigos?  Confira os passos para isso:

Crie sua playlist
Configurar sua lista de reprodução no iTunes é fácil: clique no ícone de mais (+) abaixo da barra lateral ou selecione Arquivo, Nova Lista (ou utilize o atalho de teclado Command + N) para criar uma nova playlist. Nomeie e então adicione as músicas de sua biblioteca a ela. Outra alternativa é criar uma Lista Inteligente, que pode ser acessada no Menu Arquivo, Nova Lista Inteligente ou pelo atalho de teclado Option + Command + N.

Há duas maneiras de adicionar faixas a uma lista de reprodução comum. A primeira é selecionar os itens na biblioteca do iTunes ou de outra playlist é arrastá-los para o ícone da nova lista. O outro modo é selecionar as músicas no iTunes, clicar com o botão direito (ou control + clique) nas faixas e escolher Adicionar à Lista a partir dos menus contextuais; ele mostra um submenu com todas as listas de reprodução, e o usuário escolhe em qual delas serão depositadas as faixas. 

 

playlistitunes01.jpg

Com a coluna de número de faixa selecionada, o usuário pode mudar a ordem das músicas em uma lista normal

Seja qual for o método escolhido, toda vez ao adicionar músicas, elas serão colocadas no fim da playlist. Como padrão, uma lista normal organiza as músicas pela ordem com que são adicionadas. O usuário pode mover as faixas e ordená-las da maneira que preferir, porém certifique-se de que a playlist está organizada pela coluna de número da faixa, com a seta apontando para cima. 

Compartilhe sua lista
Agora que a lista já está montada, o próximo passo é encontrar uma maneira de enviá-la para alguém. Selecione a playlist na barra lateral do iTunes e vá em Arquivo, Biblioteca, Exportar Lista; salve o arquivo no formato padrão XML e envie para pessoa com quem deseja compartilhar a lista. Aquele que receber a playlist deve selecionar Arquivo, Biblioteca, Importar Lista e, então, selecionar o arquivo XML.

Se a pessoa não tiver todas as músicas, verá um alarme (falaremos sobre isso a seguir). Caso contrário, a playlist será adicionada com todas as músicas que foram configuradas na lista original. O usuário pode ouvir as músicas no iTunes ou sincronizá-las com um dispositivo iOS, por exemplo. 

E quando a pessoa não tem as músicas? Há uma maneira fácil de compartilhá-las. O iTunes possui uma opção chamada Compartilhamento Familiar que permite aos usuários usarem a mesma conta do iTunes para copiar arquivos a partir de uma rede local, de uma biblioteca do iTunes para outra. Carregue uma biblioteca, clique no pequeno triângulo próximo ao nome dela e no outro próximo à pasta de Listas. Selecione uma playlist e os conteúdos da mesma serão exibidos na seção principal da janela do iTunes. Escolha todas as faixas e vá em Importar.

A lista não importa a si mesma desse jeito, logo o usuário ainda precisa exportar e importar a playlist, como foi explicado acima. Mas todas as faixas da lista de reprodução serão copiadas para o outro computador. Uma vez que a lista é adicionada à biblioteca do iTunes de um segundo usuário, essa pessoa pode fazer as mudanças que desejar; a playlist não é estática, e qualquer um pode adicionar, remover ou reordenar as músicas.

Dê sua playlist de presente
Caso o usuário queria compartilhar o conteúdo de sua lista favorita com um amigo, é possível enviá-la como presente (dentro dos limites do que está disponível na iTunes Store). Ao selecionar a lista de reprodução, clique na pequena seta à direita do nome da playlist; uma janela aparece perguntando se o usuário deseja presentear alguém com a lista de reprodução ou publicá-la na iTunes Store. 

playlistitunes02.jpg

O usuário pode presentear um amigo com a lista, desde que seu conteúdo esteja disponível na iTunes Store

 Se o usuário clicar em Presentear, o software irá analisar as músicas e direcionar para a iTunes Store. Isso é, obviamente, limitado ao que está disponível, e se sua playlist contém músicas que só são vendidas dentro do álbum, o usuário não conseguirá dar essas faixas; na verdade, se a lista de reprodução contiver qualquer música desse tipo, o processo para, e o usuário não conseguirá fazer nada com  as músicas dessa playlist até remover as faixas que só são vendidas dentro de álbuns (e o iTunes não discrimina quais são essas faixas, porém, geralmente são aquelas que possuem duração maior que 10 minutos). 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail