Home > Notícias

Criminosos virtuais já são capazes de paralisar a Internet

Segundo pesquisa com mais de 70 empresas, criminosos já contam com ferramentas para tirar do ar praticamente qualquer site.

Redação do IDG Now!

10/11/2008 às 10h00

Foto:

Os crackers estão se armando com ferramentas que, na prática, podem tirar do ar as maiores redes de computadores do mundo - incluindo os principais sites da internet, informou nesta segunda-feira (10/11) o jornal The New York Times.

Para criar a ameaça, os crackers dominam redes de computadores que são usadas em ataques de negação de serviço. Nesses ataques, uma grande quantia de pacotes de dados é direcionada a um site ou rede, criando um congestionamento. O excesso de tráfego acaba por derrubar o servidor e tirar os sites do ar.

Apesar de não ser novo, um relatório que deve ser divulgado na terça-feira (11/11) afirma que esse tipo de ataque está ficando mais poderoso. Agora, os crackers conseguem congestionar redes com até 40 gigabits de dados. As maiores empresas de internet, no entanto, usam redes de 10 gigabits de dados, no máximo.

As grandes operadoras de infra-estrutura de internet, como a AT&T afirmam estar preparadas para a maioria dos ataques de negação de serviço. A estratégia usada é um “amortecedor de impacto”, que consegue bloquear parte dos ataques, mas pode ser ineficaz em investidas de grande escala. A AT&T acredita que a cooperação com outros provedores de infra-estrutura pode ajudar a combater o problema.

O relatório foi produzido pela Arbor Networks, que ouviu 70 empresas da América do Norte, da América do Sul, da Ásia e Europa.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail