Home > Notícias

Crise: Comércio eletrônico nos EUA tem o pior desempenho desde 2001

Vendas online nos Estados Unidos registraram um crescimento anual de apenas 1% em outubro deste ano, menor índice em sete anos.

IDG News Service/EUA

18/11/2008 às 22h20

Foto:

As vendas no comércio eletrônico norte-americano registraram um crescimento de apenas 1% em outubro deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, revelando o menor desempenho do setor desde 2001, quando o segmento começou a ser avaliado pela comScore, informou a consultoria na terça-feira (17/11).

O número sinaliza que a preocupação dos consumidores com a crise econômica deve trazer um Natal mais magro para os varejistas online neste fim de ano. No Brasil, a consultoria e-bit prevê uma receita de 1,35 bilhão de reais para o comércio eletrônico no período de 15 de novembro e vai até 24 de dezembro, que pode representar uma alta de 25% em relação às vendas registradas no Natal de 2007.

A redução das compras online está diretamente relacionada à renda familiar anual dos norte-americanos, aponta a pesquisa da comScore. No período de agosto a outubro deste ano, quando o e-commerce em geral registrou uma alta de 4% nas vendas, lares com uma renda anual inferior a 50 mil dólares gastaram 3% menos na internet em relação ao período de agosto a outubro de 2007.

Residências com renda média anual entre 50 mil e 100 mil dólares mostraram um crescimento de 1% em compras online, entre outubro deste ano e o mesmo período do ano passado. Já famílias com renda anual média superior a 100 mil dólares aumentaram seus gastos em 14% em um ano.

A desaceleração do e-commerce nos Estados Unidos têm ocorrido desde abril deste ano, quando foi registrado um crescimento anual de 15%. Em maio, a taxa de crescimento anual das vendas online foi de 12%, caindo para 11% em junho, 8% em julho, 6% em agosto e 5% em setembro, até atingir o menor patamar de crescimento (1%) em outubro.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail