Home > Notícias

Crise financeira mundial e dólar caro não devem afetar venda de PCs

Estimativa de vendas de 13,4 milhões de PCs no Brasil se mantém mesmo com dólar alto, mas cenário geral pode afetar indústria.

Daniela Moreira, editora-assistente do IDG Now!

15/09/2008 às 19h16

Foto:

Apesar da alta no dólar registrada nesta segunda-feira (15/09), a previsão de vendas de computadores para 2008 não deve ser afetada por enquanto, segundo o professor Fernando S. Meirelles, responsável pelas pesquisas na área de informática da FVG-EAESP.

De acordo com o professor, a pesquisa, que estimava venda de 13,4 milhões de computadores neste ano - o que significará uma alta de 28% -, já previa um aumento no valor da moeda norte-americana, que ultrapassou a marca de 1,80 real nesta segunda.

“Não é um aumento de poucos pontos porcentuais que vai afetar o preço final dos computadores”, opina Meirelles.  Segundo ele, os fabricantes já estão fazendo as compras de componentes para o estoque de Natal, portanto a valorização não deve afetar os preços nas prateleiras de imediato.

Meirelles alerta, contudo, que mesmo que o dólar se estabilize, se a economia brasileira for prejudicada pela turbulência internacional, as vendas podem ser afetadas.

Segundo a FVG-EAESP, a base de computadores em uso no Brasil atingiu a marca de 50 milhões em maio de 2008.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail