Home > Notícias

CTBC estréia serviços 3G em cidades de Minas Gerais e São Paulo

Operadora lança banda larga móvel nas cidades de Uberlândia, Uberaba e Franca. Em agosto, outras 14 cidades serão cobertas.

Redação do Computerworld

09/04/2008 às 18h46

Foto:

A CTBC, braço de telecomunicações do grupo Algar, passa a operar a terceira geração de telefonia celular (3G) em partes de sua área de concessão na quinta-feira (09/04).

Inicialmente, segundo a CTBC, a tecnologia 3G será oferecida em banda larga móvel com até 1 Mbps e videochamada por celular. Até o final do ano, entretanto, o serviço deverá ser estendido a outras opções de transmissão de dados desenvolvidos pela própria CTBC.

Nos primeiros meses, considerada a primeira fase da operação, a tecnologia 3G da CTBC estará disponível na freqüência 850MHz para Uberlândia e Uberaba, em Minas Gerais, e Franca, em São Paulo. Essa licença, adquirida pela empresa em 2005, favoreceu a rápida oferta do 3G na região do Brasil Central.

A partir de agosto, cidades como Itumbiara, Patos de Minas, Pará de Minas, Nova Serrana, Frutal, Ituiutaba e Iturama (MG), Itumbiara (GO), Paranaíba (MS), Batatais, Orlândia, São Joaquim da Barra, Guairá e Ituverava (SP) também poderão usufruir da tecnologia.

Nestas regiões, a empresa usará a cobertura de 2100 MHz, licença adquirida pela empresa após o lance de 32 milhões de reais no leilão da Anatel em dezembro de 2007. Assim, até o final do ano, a CTBC oferecerá a rede 3G nas duas freqüências, uma opção a mais para seus clientes, que poderão contar com as coberturas utilizadas tanto nos Estados Unidos (850MHz), quanto na Europa (2100 MHz).

A oferta da tecnologia 3G da CTBC a cidades do interior dos Estados de SP, MG, GO e MS é parte da estratégia de difundir a tecnologia em etapas, acompanhando a instalação de redes e antenas compatíveis nas diferentes regiões de atuação para que os clientes possam usufruir do serviço por completo, principalmente à medida que a empresa ofereça novas opções de uso do 3G.

++++
Para a segunda fase da distribuição da rede 3G, a equipe de Pesquisa e Desenvolvimento da CTBC, em conjunto com a recém-criada Fábrica de Software da empresa, desenvolve aplicativos e serviços voltados aos clientes da empresa, que poderão contar com produtos exclusivos de acordo com suas necessidades.

Em 2007, além do ganho da concessão à tecnologia 3G, a CTBC iniciou a migração de todas as redes para uma rede sobre o protocolo IP, ou de próxima geração (NGN), que deve ser concluída até 2012. Para essa iniciativa, foram destinados 159,9 milhões de reais, 21% dos investimentos totais da companhia, com foco na convergência total dos serviços, o que permitirá que a CTBC integre seus serviços de telefonia fixa e móvel, banda larga e TV.

Na área de expansão, onde atua desde 2003, a empresa oferece serviços convergentes para as regiões de Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Goiânia, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro e São Paulo. No total, a CTBC fechou 2007 com 1,202 milhão de clientes em telefonia fixa, celular e banda larga, um aumento de 4% em relação ao ano anterior.

O Chip CTBC 3G será vendido juntamente com o modem USB para conexão no computador ou laptops, com a placa PCMCIA para conexão em laptops, ou com o telefone celular 3G, que, além de possibilitar o acesso à internet rápida, permite que usuários realizem videochamadas em tempo real.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail