Home > Notícias

Cuba desenvolve Linux próprio para enfrentar hegemonia da Microsoft

Segundo Daniel Hernández, parte integrante do grupo de desenvolvimento, o Nova contará com versões para diferentes usos.

Redação do IDG Now!

12/02/2009 às 11h46

Foto:

O governo de Cuba desenvolveu sua própria distribuição de Linux, chamada de Nova, com o propósito de "apoiar a migração cubana para o software livre".

Desenvolvido dentro da Universidade de Ciências Informáticas cubana (CGI, da sigla em espanhol), o Nova é uma iniciativa para mostrar a "independência tecnológica" de Cuba, segundo o Diario Gramma, ligado ao governo.

Segundo Daniel Hernández, parte integrante do grupo de desenvolvimento, o Nova contará com versões para diferentes usos, como terminais sem disco ou aplicações pedagógicas.

O Nova é uma maneira da administração cubana enfrentar a dominação do sistema Windows, da Microsoft, nos PCs da ilha.

Segundo a Reuters, Cuba vê o uso do Windows com ressalvas pelo fato de agências de segurança dos Estados Unidos terem teórico acesso aos códigos do sistema operacional da Microsoft.

A distribuição foi anunciada durante a Conferência Internacional Informática 2009, que acontece em Havana, capital da ilha caribenha

Por mais que tenha feito o anúncio no evento, o governo, porém, não detalha que tipo de aplicativos deverá divulgar junto ao sistema operacional.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail