Home > Notícias

Cyberbullying atinge 75% dos adolescentes nos EUA, mostra estudo

Versão online da prática de intimidação não chega ao conhecimento da maioria dos pais de adoleescentes ameaçados nos EUA.

Redação do IDG Now!

06/10/2008 às 12h33

Foto:

Quase 75% dos adolescentes norte-americanos foram intimidados via internet ao menos uma vez nos últimos 12 meses, numa versão online de um ato conhecido por bullying.

Uma pesquisa do programa de psicologia da Universidade da Califórnia revelou que apenas um em cada dez destes adolescentes contaram a seus pais ou outro adulto que receberam qualquer tipo de ameaça ou intimidação pela internet.

Jaana Juvonen, professora e líder da pesquisa, afirma que intimidação é um problema de saúde pública que afeta milhões de estudantes nos Estados Unidos. Com o uso da internet, esse "incidente social" entre os adolescentes ganhou novas ferramentas.

Segundo Jaana, intimidações na web são iguais às que acontecem na escola, quando os conhecidos "valentões" fazem ameaças aos demais estudantes.

A pesquisa, realizada por meio de um questionário online aplicado em 1.454 usuários de internet entre 12 anos e 17 anos revelou como principal razão para os adolescentes não dizerem aos pais que foram ameaçados o medo de serem proibidos de usar a internet.

Muitos pais não entendem como a internet e as ferramentas de comunicação online são vitais para a vida social de seus filhos e podem cometer ações prejudiciais, por exemplo, ao proibir totalmente de usar a internet como forma de proteção, disse a pesquisadora.

Mais de 41% dos adolescentes disseram que receberam de uma a três intimidações online, 13% relataram de quatro a seis incidentes e 19% foram ameaçados sete ou mais vezes em um ano, de acordo com a pesquisa.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail