Home > Notícias

Depois da desistência da Microsoft, Yahoo enfrenta a ira de acionistas

Dois fundos de pensão decidem expandir processo conjunto que acusa Jerry Yang de prejudicar acionistas por não aceitar proposta bilionária.

IDG News Service/Taipé

06/05/2008 às 9h10

Foto:

Dois fundos de pensão públicos da cidade de Detroit planejam expandir a ação contra o CEO do Yahoo, Jerry Yang e outros membros do conselho da empresa, afirmando que falharam em agir nos melhor interesse de seus acionistas ao rejeitar a proposta de compra da Microsoft.

As ações originais foram iniciadas separadamente em 5 de março pela tentativa sem muita razão, segundo os fundos, do conselho de gerenciamento do Yahoo não aceitar a aquisição da Microsoft que pagaria a seus acionistas 62% mais que o valor das ações do buscador antes da oferta.

Mais sobre o fracasso do Microhoo
>Microsoft desiste da compra do Yahoo
>Yahoo costura acordo com Google
>Análise: o que será de ambas agora?
>Yang: negócio fez Yahoo "mais forte"
>Cobertura completa do negócio

As ações foram combinadas em um processo, e advogados representando os fundos de pensão afirmaram que buscarão reparações pelos danos do valor perdido pelos acionistas causados alegadamente pelos executivos do Yahoo.

Os advogados representando o Sistema de Aposentados da Polícia e dos Bombeiros e Sistema Geral de Aposentadoria da cidade de Detroit alegam que as atitudes de Yang na última semana confirma que o conselho do Yahoo procurou todas tipo de acordo com terceiros para combater a oferta da Microsoft.
++++
Estas ações constituem uma brecha nas obrigações fiduciárias do conselho, alegam os fundos.

Ao anunciar sua oferta inicial de 44,6 bilhões de dólares pelo buscador, as ações do Yahoo subiram para 29,83 dólares cada, aumento de 10,65 dólares por papel em apenas um dia.

O Yahoo rejeitou a primeira oferta, mas negociou com a Microsoft por um aumento. A companhia ofereceu 33 dólares por ação, mas Yang rejeitou novamente, afirmando que o mínimo esperado eram 37 dólares.

As ações do Yahoo caíram 15% nesta segunda-feira (05/05) para 24,37 dólares. Ainda assim, os papéis tiveram valorização de cinco dólares em comparação com os níveis anteriores à proposta.

O Yahoo vem mantendo contatos com várias alternativas ao acordo com a Microsoft, incluindo uma parceria com o Google no negócio de publicidade online.

Advogados dos fundos de pensão alegam que estas negociações externas provam que Yang nunca negociou de boa fé com a Microsoft.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail