Home > Notícias

Descubra se você precisa do Vista SP1, que já está disponível em inglês

O primeiro Service Pack da Microsoft para o Windows Vista finalmente chegou. Veja como instalá-lo – ou não – para o seu PC.

Por Robert Strohmeyer, da PC World/EUA

19/03/2008 às 12h55

microsoft_150.jpg
Foto:

microsoft_150Depois de muitos rumores e especulações, falsos lançamentos e muita frustração por parte dos consumidores, a Microsoft finalmente anunciou que o Windows Vista Service Pack 1 (SP1) está disponível – em inglês. Usuários do sistema operacional em língua portuguesa, porém, terão de esperar mais. Segundo a Microsoft, a versão localizada chega até o final do primeiro semestre deste ano.

O pacote de atualizações, que inclui todas as correções já liberadas para o sistema operacional desde que ele foi lançado em fevereiro de 2007, está disponível agora para download por meio do serviço Windows Update, mas apenas para a versão em inglês do sistema.

Leia também:
> Seis dúvidas fundamentais sobre o Vista SP1
> Seis razões para não migrar para o Windows Vista
> Entende por que a resistência dos usuários ao Vista é tão grande
> Download: Customize detalhes do Windows Vista
> Entende e corrija os problemas do Vista
> Download: Seleção de programas para domar o Vista e o Windows XP
> Queda no preço do Vista não se reflete no Brasil

Por isso, a maneira mais fácil de ter acesso ao Vista SP1 e sentar, relaxar e deixar o Windows Update fazer o serviço por você. Contudo, se você tem o Vista em inglês e não agüenta esperar, clique aqui para baixar a versão de 32 bits  ou de 64 bits.

Melhorou ou não?
Nos testes que realizamos em nossos laboratórios com a versão do Service Pack entregue aos fabricantes, identificamos resultados divergentes.

Na avaliação da cópia de arquivos, o SP1 proporcionou uma melhora considerável se comparada à versão original do sistema operacional. Já outros testes resultarem em pouca ou nenhuma melhora (e até desempenho inferior do que o obtido com um sistema sem o SP1).

++++

microsoft_150Um exemplo disso é foi o teste de compressão cuja performance caiu depois que o pacote de atualização foi instalado.

De forma geral, achamos exagerada comemoração da Microsoft de que o SP1 ofereça uma dramática melhoria de desempenho. Em todo caso, nossos laboratórios continuam avaliando o impacto do Vista SP1 e devemos publicar novos resultados em breve.

A Microsoft promete melhoria na experiência dos usuários do Vista sob vários aspectos, tais como melhor desempenho na navegação pelo sistema de arquivos da rede, melhoria no consumo de energia, carga mais rápida de imagens de grandes dimensões e buscas aceleradas.

O pacote de atualizações do Vista também é acompanhado de um grande número de melhorias de baixo nível, tais como suporte a Extensible Firmware Interface e na tabela de alocação de arquivos (Extended File Allocation Table).

Também foi melhorada a compatibilidade com alguns outros softwares e hardwares. Além disso, os usuários vão agradecer o fato de a Microsoft ter eliminado a desativação de sistemas que não tiverem feito a ativação do Vista pela Microsoft.

Quem precisa do Vista SP1?
Empresas que desenvolvem softwares para o ambiente Windows devem experimentar diferentes reações ao Vista SP1. A Microsoft abriu o acesso à funcionalidade embarcada de buscas para aplicações desenvolvidas por outras empresas, mas o upgrade do Vista ampliou os problemas que soluções de segurança terceirizadas vão enfrentar.

++++

microsoft_150Ainda sob o aspecto da segurança, este service pack passa a permitir uma única autenticação de usuário (log on único) em redes cabeadas, o que deve melhorar o dia-a-dia de usuários finais do software que trabalham em ambientes corporativos, além de vários outros avanços.

Enquanto uma boa parcela dos usuários vai considerar a atualização para o Vista SP1 benigna (até benéfica), outros – corporativos principalmente – vão preferir esperar um pouco mais antes de fazer a instalação em massa desse upgrade.

Para fazer isso, os administradores de redes devem instalar a Windows Service Pack Blocker Tool a qual impede a instalação automática do SP1 nas estações de trabalho. A ferramenta cria uma entrada no registro do Windows que pode ser removida mais tarde pelo administrador; todo o procedimento pode ser feito remotamente, pela rede.

Leia também:
> Novo sistema operacional para servidores pode estimular adoção do Vista
> Conheça os primeiros resultados dos testes com o Windows Server 2008
> Vista SP1 e Windows Server 2008 vazam em redes P2P

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail