Home > Notícias

Desmatamento da Amazônia pode ser acompanhado por site do Inpe

Nova ferramenta mapeia a degradação da floresta amazônica, detalhando inclusive extrações parciais e queimadas na região.

Redação do IDG Now!*

18/03/2009 às 8h28

amazonia_150.jpg
Foto:

amazonia_150.jpgO Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) lançou, nesta
quarta-feira (18/03), o site de seu sistema de Mapeamento
da Degradação Florestal na Amazônia Brasileira, o Degrad. Pelo site, será possível acompanhar as áreas da Amazônia em processo de desmatamento.

O sistema Degrad vai mapear anualmente, com detalhes, as áreas de desmatamento que não são computadas pelo Prodes, sistema do Inpe que identifica apenas as áreas em que a cobertura florestal nativa foi retirada totalmente.

> Conheça o Especial TI Verde da PC WORLD 

O aumento na degradação da floresta apontado pelo Prodes no ano passado foi o que impulsionou o desenvolvimento da nova ferramenta. Por registrar as derrubadas parciais causadas por queimadas ou extração seletiva de madeira - e não apenas as derrubadas totais - o Degrad dará importante subsídio aos órgãos de fiscalização, afirma o Inpe.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail