Home > Notícias

Desmontados: veja os novos MacBooks Pro Retina por dentro

Segundo o pessoal do iFixit, é quase impossível fazer reparos e upgrades nos novos notebooks da Apple.

TechHive / EUA

25/10/2013 às 20h08

macbookproretinaifixit_43501.jpg
Foto:

Os novos MacBooks Pro com tela Retina são muito difíceis de serem consertados, de acordo com o pessoal do iFixit, que já abriu os novos notebooks da Apple.

Tanto o modelo de 13 polegadas (acima) quanto o de 15” da nova máquina receberam notas 1 de 10 quanto  às possibilidades de reparo. Essa nota fica um ponto abaixo da registrada para o modelo de 13” no ano passado, e a mesma da versão de 15”. 

Apesar de a maioria dos usuários utilizarem a Genius Bar da Apple para ajudar, reparos difíceis e trocas podem ser um problema para alguns usuários corporativos que precisem fazer essas trocas e upgrades nas máquinas.

Os novos MacBooks não parecem tão difíceis de serem abertos quanto o novo Surface Pro 2, da Microsoft, ao usar parafusos proprietários em vez de uma grande bagunça de cola para mandar tudo junto. Com uma chave especial, você pode pelo menos dar uma olhada na parte de dentro do seu MacBook Pro.

macbookproretina15.jpg

MacBook Pro Retina de 15" desmontado pelo pessoal do iFixit

Um computador bem firme

Mas a partir daí tudo ficou bem complicado à medida que o iFixit tentava retirar componentes internos do computador. A bateria é firmemente colada no case, nos dois modelos, e cobre o cabo para o trackpad. Você não pode substituir o trackpad sem retirar a bateria, e fazer essa remoção da bateria arrisca danificar o cabo do tracjpad.

O iFixit também alerta para os usuários pegarem o máximo de RAM que puderem na hora da compram, porque as unidades de memórias são soldadas na placa-mãe. Os usuários “não tem chance” de fazer um upgrade de RAM no MacBook Pro 2013, afirma o iFixit.

“Até a entrada do fone de ouvido agora é soldada na placa”, aponta o iFixit sobre o modelo de 15 polegadas. “Quebre a sua entrada de fone (algo bem possível apenas com o uso contínuo) e você está olhando para um conserto na casa dos mil dólares.”

Há um pouco mais de esperança para troca de unidades de armazenamento no futuro, já que a Apple mudou para um formato PCIe em ambos os MacBooks. No entanto, não é um padrão de disco de 2,5 polegadas, por isso as trocas não poderão acontecer até que outra companhia desenvolva um drive compatível.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail