Home > Notícias

Diaspora, concorrente do Facebook, abre código para desenvolvedores

Desenvolvedores da rede social já arrecadaram mais de US$ 200 mil dólares, de mais de seis mil pessoas interessadas em apoiar o projeto.

IDG News Service

16/09/2010 às 9h02

Foto:

A rede social Diaspora, desenvolvida por internautas insatisfeitos com a política de privacidade do Facebook, anunciou nesta quita-feira (16/9) a abertura do seu código-fonte para desenvolvedores. A expectativa é que a versão alfa do projeto esteja disponível já em outubro deste ano.

"Esse é um trabalho de desenvolvimento comunitário e aberto a qualquer pessoa com conhecimentos técnicos e  vontade de participar de uma rede social no qual os usuários estão no controle", diz o blog do serviço.

Anunciado em abril, o projeto rapidamente ganhou apoio, conseguindo uma arrecadação de cerca de 200 mil dólares de mais de seis mil pessoas, através do site Kickstarter.com.

diaspora.jpg

Demonstração da nova rede social

 

Diferentemente da mídia social de Mark Zuckerberg, a Diaspora seria uma aplicação descentralizada. Para popularizar-se, o serviço poderia ser baixado na forma de um software e instalado no site do próprio internauta, ou em um provedor de hospedagem, como o Go Daddy. Para quem preferir usá-lo como um portal comum, a equipe planeja lançar uma versão em que o acesso será bem simplificado.

 

“Sinta-se livre para experimentá-lo em sua máquina. No entanto, não existem garantias. Sabemos que ainda existem bugs de segurança e recursos de exportação que precisam ser aprimorados. Se você encontrar alguma falha, não se esqueça de registrá-la e, se possível, incluir uma imagem da tela e informações sobre o navegador”, acrescenta o texto.

A rede social é um projeto open source licenciado sob a versão 3 da licença de software livre GNU Affero General Public License.

Para realizar a página de download, clique aqui.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail