Home > Dicas

Dicas para proteger dados ou mesmo recuperar um iPhone roubado

Procedimentos, softwares e serviços que protegem o smartphone da Apple e notebooks de pragas virtuais ou crimonoso reais

Macworld/EUA

12/01/2010 às 16h24

Foto:

Além das brechas de segurança que os computadores e smartphones costumam enfrentar, dispositivos portáteis como notebooks e iPhones podem ser facilmente perdidos.  E como proteger seus dados? Veja, abaixo, algumas dicas de segurança para manter seus equipamento e informações a salvo.

Veja também:
> Como proteger sua conta e cartão de crédito contra crackers

> Como se proteger de golpes online

> Dicas para tornar seu Mac mais seguro

Jailbreak de iPhone
O chamado jailbreak é um assunto polêmico desde o lançamento do smartphone da Apple, há mais de dois anos. Um grupo de hackers conhecido como iPhone Dev Team se especializou nessa modalidade, com dicas, tutoriais e softwares para quem deseja rodar programas não reconhecidos pela Apple, disponibilizadas com frequência.

Por outro lado, o jailbreak abre o aparelho para o acesso a muitos aplicativos não reconhecidos pela Apple, sem custo (veja também: 21 aplicativos que a Apple não quer que você salve).

iPhones desbloqueados na Austrália foram afetados por um vírus que substitui o papel de parede do dispositivo por uma foto do astro dos anos 80 Rick Astley. O vírus, batizado de ikee, atinge apenas iPhones que utilizaram o jailbreak e não tenham alterado a senha do usuário principal no sistema. Ele é inofensivo, mas uma outra praga virtual semelhante (Privacy.A) surgiu logo depois com capacidade para expor todos os dados de aparelho infectados.

O que pode ser feito
Usar apenas aplicativos verificados e autorizados pela Apple, significa ter mais segurança.  Se pretende mesmo desbloquear vale alterar a chamada senha de root.

Macs ou iPhones perdidos
Macs  e iPhones, por seus preços mais elevados, também estão na mira dos ladrões. Se um bandido puder escolher entre um netbook de 1,5 mil reais e um MacBook Air de 5 mil reais, claro que a segunda opção será a escolhida.

Se você perder ou tiver um Mac ou iPhone roubados, além de perder seu hardware, muitos de seus dados podem ser expostos.

O que pode ser feito
Evitar a perda de dados é um problema fácil de resolver. Faça backups regularmente do sistema em mídias removíveis. O Time Machine está incluso no Mac OS X e é capaz de restaurar um sistema totalmente perdido.

Se a sua preocupação é em relação ao roubo do drive de backup, vale utilizar serviços de cópia de segurança online, disponíveis também para iPhone, a exemplo do SugarSync. O iPhone faz backups automaticamente quando você sincroniza o aparelho com o computador via iTunes. E é possível fazer isso a qualquer momento ao selecionar o aparelho no iTunes, clicar com o botão direito e selecionar Backup.

 Evitar a exposição dos dados é mais difícil. Quem se preocupa com a possibilidade de ter o notebook roubado, deve fazer a criptografia dos dados mais importantes. Verifique se seu Mac solicita uma senha para abrir o sistema ou então ao voltar da hibernação. Acesse o painel de Preferências do Sistema, Segurança e vá até a guia Geral. Selecione Exigir senhas após repouso ou protetor de tela.

 

145267-iphone_passcode_original.jpg

Defina uma senha de acesso no iPhone para impedir que outras pessoas mexam no aparelho

O software FileVault também pode ser usado para criptografar arquivos no diretório Home. Ele não é perfeito, pois pode causar alguns problemas com o Time Machine ou outro software de backup, porém é gratuito. Ele não vai bloquear um cracker inteligente, mas um ladrão de rua, sim.

O iPhone também tem opções de segurança. Em Configurações, Geral, Bloqueio com código, definimos uma senha de quatro dígitos para acessar o telefone. Também dá para definir um determinado tempo para que o iPhone seja bloqueado. Assinantes do serviço da Apple, MobileMe, têm o serviço Find My iPhone que localiza o aparelho por meio do GPS integrado ao aparelho, facilitando a recuperação em caso de furto ou perda. Foi o que aconteceu em Santa Catarina, onde o GPS do iPhone levou à prisão de um grupo de bandidos.

O iPhone 3GS inclui recursos de criptografia , mas há maneiras de contorná-los. O MobilmeMe também permite apagar seus dados remotamente, o que pode ser uma solução em caso de perda do aparelho. A assinatura anual do serviço custa cerca de 100 dólares.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail