Home > Dicas

Dicas para quem deseja criar mashups e fazer sucesso no YouTube

Acrescente a uma idéia genial, edição adequada, timing, efeitos especiais e torça para que seu vídeo se transforme em um hit.

Por PC World/EUA

13/03/2008 às 18h54

guia_youtube_150.jpg
Foto:

yout_150Você já deve ter visto o infame vídeo da Coca-Cola e Mentos, o gato que acorda o dono (Wake Up Cat) ou algum mashup, como o que o chief executive officer (CEO) da Microsoft, Steve Ballmer, age como se estivesse em uma propaganda de iPod.

Com um pouco de criatividade e algumas ferramentas digitais, você pode produzir seus próprios vídeos hilários.

Leia também:
> YouTube atualiza player para dispositivos móveis
> Conheça os rivais do YouTube
> Site de vídeos do Google quer compartilhar receita com criadores
> Conheça os 25 maiores hits do YouTube
> Software ajuda a carregar seus vídeos no YouTube
> Baixe vídeos do YouTube rapidamente

Saiba que você também pode deixar suar 'marca' no YouTube, seja ficando na frente da câmera ou mesmo atrás dela, produzindo seus próprios vídeos virais. Melhor ainda: exercite sua habilidade de editar e criar vídeos e mashups, combinando material novo com áudio e vídeo já existentes .

yout_gato

Segredo do sucesso: vídeos e animações criativos são sempre bem-vindos

Tanto faz se o objetivo é fama ou diversão, tudo o que você precisa é uma câmera, uma conexão de internet e uma boa idéia na cabeça.

Por trás da câmera
Após criar uma conta do YouTube, é hora de agarrar a câmera e fazer como Spielberg. Que tipo de câmera? Qualquer dispositivo que grave vídeo pode produzir filmes para o YouTube. Isso inclui camcorders, câmeras digitais, celulares e até webcams.
++++
É claro que as camcorders oferecem a melhor qualidade de imagem e versatilidade para a edição. Os modelos mais avançados podem capturar imagens em alta-definição, mas mesmo um camcorder de definição padrão irá produzir ótimas imagens.

De qualquer forma, todos os vídeos enviados ao YouTube são exibidos na resolução 640 por 480 pixels, mais quanto melhor o vídeo original, melhor será o resultado final no YouTube.

O único porém de se usar uma camcorder é que você vai precisar baixar os vídeos gravados no computador. Algumas câmeras de alta-definição gravam em formatos ainda não aceitos pelos softwares comuns de edição, enquanto modelos antigos necessitam de hardware extra para realizar a conexão com o PC.

Pesquise seu modelo específico para descobrir como fazer o download do vídeo e uma eventual conversão de formatos, se for o caso.

A maiorida das câmeras fotográficas digitais pode gravar áudio e vídeo, salvandos em arquivos nos formatos AVI ou MPEG. Há modelos, inclusive, que permitem enviar o vídeo gravados diretamente para o YouTube, não sendo necessária edição ou compressão. Mas um ediçãozinha básica é sempre bem-vinda.

yout_cam

Direto no YouTube: a Casio Exilim possui recurso de postagem no site de vídeos

Se você está a procura de uma câmera nova, certifique-se de que ela pode gravar vídeo em 30 quadros (frames) por segundo. É importante também que ela não limite o tempo de gravação, permitindo que o vídeo seja gravado enquanto houver espaço na memória. Modelos mais antigos de câmeras digitais limitam a gravação a 1 minuto ou 30 segundos.

Alguns modelos de câmera digital incluem modos de captura para o YouTube, com resolução recomendada, formato de arquivo, tempo de vídeo e nível de compressão. O último modelo da linha Exilim, da Casio, permite inclusive o envio do vídeo ao site em dois passos, por meio de seu software.

++++

yout_150Suponha que um OVNI (objeto voador não identificado) pouse em seu quintal. Antes que os "Homens de Preto" apareçam, use o seu celular para filmar tudo, sem perda de tempo. E se o aparelho possuir acesso à internet, você pode enviar o vídeo diretamente ao YouTube, dispensando o uso de um PC.

Mas é bom não se surpreender se alguém comentar que o vídeo é falso. A maior partes dos celulares grava vídeos com resolução 320 por 240 pixels. Modelos que filmam a 640 por 480 pixels ainda são caros, como o Nokia N95.

Agora, se o seu objetivo é gravar longos depoimentos, com imagens em close-up - como confissões ou diários populares como a LonelyGirl15 -, tudo que você precisa é uma Webcam.

Leia também:
> Conheça os 25 maiores hits do YouTube
> Software ajuda a carregar seus vídeos no YouTube
> Baixe vídeos do YouTube rapidamente

Com uma câmera dessas, basta usar o modo de Captura Rápida do Youtube, sentar na frente do PC e falar por até dez minutos e postar o vídeo imediatamente. E torcer para ficar famoso.

Mas também é possível gravar com o software da webcam, editar a seqüência e fazer o upload do modo convencional.

Faça a coisa certa
Algumas coisas podem determinar o sucesso ou o fracasso total de sua produção. Para evitar problemas, fique atento a alguns detalhes:

Duração: Não importa o hardware que você irá utilizar para gravar, tenha em mente que se tem apenas dez minutos para contar a história. Esse tempo é o máximo permitido para um upload no YouTube. Se você quiser produzir um longa-metragem, saiba que terá de dividi-lo em diversas partes de até dez minutos cada.

Conteúdo: Tenha em mente que o YouTube faz restrições sobre determinados conteúdos: nada de nudez, violência, discursos de ódio, spams para promover o produto que sua empresa comercializa. Se algum usuário apontar seu vídeo como impróprio, rapidamente ele será revisado pelo YouTube e pode ser retirado do ar. E saiba que você também pode ser expulso da comunidade do YouTube por violação de termos de uso, mesmo que isso tenha sido feito sem intenção.

Imagens: Sempe que possível, use um tripé. Vídeos que tremem muito e balançam ficam enjoativos rapidamente. Se você estiver filmando em movimento, faça o possível para não tremer. Algumas dicas são respirar mais lentamente, segurar a câmera de maneira firme e com as duas mãos, com os braços flexionados.
++++
yout_150Áudio: Não subestime a importância de um bom áudio; ele é tão importante quanto o vídeo e, por isso, se as condições permitirem, use um microfone. Câmeras digitais e os telefones celulares não contam com esse recurso, mas a maioria das camcorders tem suporte a microfones externos, que produzem uma qualidade muito superior.

Iluminação: Fuja de ambientes escuros. A menos que você tenha um equipamento muito sofisticado, ambientes de pouca luminosidade devem ser evitados, pois geram imagens granuladas. A não ser que o objetivo seja exatamente esse (pense duas, três ou mais vezes se for o caso), não há nada mais chato do que ficar tentando enxergar o que está sendo mostrado no vídeo.

Zoom: Use este recurso com moderação. Tomadas com zoom, especialmente o zoom digital, tendem ao amadorismo. Conforme se amplia o zoom digital, a imagem é expandida por seu centro, resultando em um vídeo de aparência confusa.

Efeitos especiais: A maioria das câmeras possui efeitos digitais, como sépia e “filme antigo” e que podem ser usados no momento da captura das imagens. Lembre-se, porém, de que uma vez capturada a imagem com o efeito aplicado, pouco se pode fazer depois com ela: uma imagem gravada em sépia não poderá ter suas cores recuperadas depois. O ideal é aplicar qualquer efeito especial depois, usando um programa de edição, mantendo seu vídeo original inalterado.

Grave sempre um pouco mais: Lembre-se das tomadas extras (b-roll). Imagens adicionais são uma peça importante para ajudar a montar seqüência. Num jogo de futebol, por exemplo, procure filmar detalhes como os pés dos jogadores, a bola se deslocando ou a rede do gol. Elas ajudam na montagem final e não deixam o vídeo enfadonho.

Crie um mashup

Exemplos clássicos de mashup no YouTube são o “Lindomar, o sub zero brasileiro” e o trailer “Terror na Vila”, feito com cenas de Chaves.

++++

Alguns dos melhores vídeos não são criações originais e sim trechos de material existente, alterados, com substituição do áudio original e edição refeita.

yout_sub

Mashup de "Lindomar": uso de material já existente

Antes de começar seu mashup, tenha em mente que o YouTube possui regras de direito autoral. Músicas e vídeos protegidos só podem ser utilizados se qualificados como “uso justo” (fair use).

Entretanto, determinar o que é ou não justo pode ser complicado. Verifique as guias sobre direitos autorais do YouTube e use seu julgamento. Obviamente, um vídeo de 10 minutos de Lost pode ser considerado infração de direitos autorais, mas um clipe curto com algumas frases de um dos personagens podes ser consideredo uso justo.

Encontrar material para seu mashup requer alguma criatividade. Com um programa como o Replay AV, você pode capturar quase todo vídeo e áudio transmitido. Vá para sites como AOL Video e Veoh.com para encontrar todo tipo de clipe.

Até mesmo vídeos do YouTube podem ser emprestados, desde que designados como públicos. É necessário baixar e converter o arquivo para um formato aceito por seu programa de edição.
++++
Sites gratuitos como Vixy e Zamzar podem realizar o processo de maneira bem simples. Basta colar a URL do vídeo, selecionar um formato e fornecer seu endereço de e-mail. Uma mensagem será enviada com o link para download do arquivo convertido.

yout_zamzar

Conteúdo emprestado: o Zamzar deixa baixar vídos do YouTube já convertidos

Vários sites oferecem efeitos sonoros e música gratuitos para completar sua produção, como o Partners in Rhyme e Soundsnap.

Edite sua seqüência
A não ser para clipes muito curtos, a edição nos vídeos é sempre bem-vinda. Adicione alguns títulos, corte tomadas estranhas, adicione alguma transição entre as cenas e escolha sua trilha sonora.

Para realizar essa etapa da mágica, será necessário um software de edição. Todo o necessário pode ser encontrado nos próprios sistemas operacionais, Windows e Mac. Usuários do Windows Vista e XP podem utilizar o Windows Movie Maker, enquanto usuários Mac possuem o iMovie.

Os dois programas oferecem recursos de edição básicos, transições mais que suficientes, efeitos especiais e suporte a adição de músicas. Os programas também podem gerar arquivos compatíveis com o YouTube.
++++
Se você está criando mashups, que é basicamente um trabalho de edição, provavelmente irá preferir uma ferramenta mais sofisticada. Programas comerciais de edição de vídeo oferecem opções como foto-em-foto e chroma key, que é utilizado para mixar imagens (como a apresentação do tempo nos telejornais).

yout_moviemkr

Movie Maker: opções básicas de edição no Windows

Os usuários do Windows podem escolher pacotes como o Adobe Premiere Elements 4 e Pinacle Studio 11 Plus, e os de Mac, o Apple Final Cut Express e Adobe Premiere Pro CS3.

Se estiver com pressa, experimente o Remixer do YouTube. Gerenciado pelo Adobe Premiere Express, o Remixer permite a adição de títulos, transições, bordas e música.

É possível ainda combinar múltiplos vídeos da biblioteca do YouTube em um só, mas não é possível editar a seqüência.

Escolhido o software de edição, é hora de importar o vídeo para o programa. A maioria dos programas irá identificar e dividir sua seqüência em clipes separados. Com isso, você pode cortar os clipes para o tamanho adequado e organizá-los da melhor forma.
++++
Cada clipe pode ser cortado do começo ao fim, ou divido por dois. Usando a linha do tempo do editor, você pode arrastar os clipes para que eles fiquem na ordem desejada. Adicione transições arrastando-as entre os clipes.

Pós produção
Uma vez que o vídeo esteja editado, é necessário convertê-lo a um formato compatível com o YouTube. Isso significa ajustar as configurações mais próximas de:

> Resolução de 640 por 480
>Formato MPEG-4
> Áudio MP3
> 30 frames por segundo
> Tamanho máximo de 100MB

Contudo, essas são orientações gerais, não regras definitivas. O portal de vídeos também aceitará vídeos no formato AVI, MOV e WMV, com taxas variantes de frame e bits e os converterá a seu formato (FLV).

Mantenha o tamanho do arquivo final até 100MB, caso contrário você terá de instalar o utilitário de upload para Windows do YouTube. Mesmo com suporte a tamanhos superiores, os 10 minutos de exibição se mantêm.

A vantagem do utilitário é que se pode fazer o upload de múltiplos arquivos simultaneamente. Para casos mais comuns, utilize o botão de upload que aparece em cada página do YouTube. Forneça um título, descrição, categoria e tags.

yout_cel

Upload: pode-se carregar vídeos para o YouTube também pelo celular

Você também deve escolher se o vídeo será privado ou público. Os vídeos privados são limitados a 25 espectadores, enquanto os públicos são abertos a todos. E por fim, defina se o seu vídeo poderá ser usado por sites externos (como blogs).

O YouTube também permite o envio direto do celular. É necessário entrar nas configurações de sua conta e configurar um perfil mobile. Com este processo concluído, você pode enviar um vídeo por mensagem (MMS) para ‘YTUBE’, ou anexar o arquivo a um e-mail listado em seu perfil.

Vídeo enviado, agora só falta divulgar sua produção. Com essas dicas e um pouco de criatividade, o sucesso no YouTube pode estar próximo.

Leia também:
> YouTube atualiza player para dispositivos móveis
> Conheça os rivais do YouTube
> Site de vídeos do Google quer compartilhar receita com criadores
> Conheça os 25 maiores hits do YouTube
> Software ajuda a carregar seus vídeos no YouTube
> Baixe vídeos do YouTube rapidamente

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail