Dilma quer “iPad de R$ 500”

Em entrevista à Agência Estado, o novo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou que a presidente deseja a oferta de um tablet popular

https://pcworld.com.br/dilma-quer-201cipad-de-r-500201d/
Clique para copiar

O novo ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou hoje (3/1), ao assumir o cargo, que pretende "inundar o país com redes de comunicações" para os eventos esportivos dos próximos anos e para atender à demanda da nova classe média para acesso à Internet. E se depender da nova presidente, Dilma Rousseff, o principal meio de acesso são os tablets.

Em entrevista à Agência Estado, o novo ministro das Comunicações Paulo Bernardo afirmou que a presidente deseja a oferta de um tablet popular. De acordo com a notícia divulgada, Dilma quer uma negociação com os fabricantes para a produção de um tablet de cerca de 500 reais, com aquisição à prestação.

“As comunicações são a chave para o desenvolvimento de um país e, no caso do Brasil, precisamos discutir o setor com vistas aos dois grandes eventos – Copa do Mundo e Olimpíadas – que vamos receber. Além desses eventos, temos uma crescente classe média, que vai demandar cada vez mais esses serviços”, afirmou o ministro, segundo a Agência Brasil. Para ele, as mesmas pessoas que andaram de avião pela primeira vez há pouco tempo, agora vão também querer ter acesso à Internet grátis.

ipad390b

iPad: inspiração para um tablet popular?

Bernardo reiterou ainda o compromisso de tocar o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), para internet, e o Plano Geral de Metas de Universalização, para a telefonia fixa. Nesse ponto,chamou a atenção para a necessidade de contar com a colaboração das empresas de telecomunicações.

“É preciso preservar o equilíbrio econômico e financeiro dos contratos sem nos omitirmos de discutir metas”, afirmou. O ministro também reafirmou o compromisso de manter o diálogo com as rádios comunitárias e de expandir a TV Digital.

Para o PNBL, Bernardo lembrou que foi assinada, no dia 31 de dezembro, medida provisória que estende para os modens os benefícios de isenção tributária do Programa Computador para Todos.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site