Home > Notícias

Disputa de marca na China pode barrar vendas do iPad no mundo

Segundo Reuters, empresa chinesa Proview agora também quer impedir a exportação do tablet da Apple a partir do país, uma das maiores bases de produção da "maçã"

Da Redação

14/02/2012 às 11h20

Foto:

A disputa entre a Apple e a fabricante de telas Proview  pela marca iPad pode causar prejuízos enormes para a “maçã”. Isso porque, segundo informações da agência Reuters, a companhia chinesa agora planejar impedir as exportações do tablet a partir da China.

Caso tenha sucesso em seu objetivo, a Proview poderia afetar as vendas do iPad no mundo inteiro, uma vez que a China é uma grande base de fabricação dos produtos da Apple, com parceiras como a Foxconn, além de também ser um grande mercado consumidor.

De acordo com um advogado da Proview, a companhia entrou com uma petição junto com a alfândega do país para impedir a chegada e saída do famoso tablet da Apple. No entanto, o órgão federal ainda não respondeu ao pedido da empresa, explicou o advogado da empresa, Xie Xianghui, em entrevista ao site Asian Legal Business.

A notícia sobre o pedido de exportação do iPad chega pouco depois de rumores sobre apreensões de dezenas de tablets da Apple por causa da disputa judicial com a Proview. A Apple já entrou com uma apelação após ser derrotada na justiça chinesa em dezembro do ano passado.

De acordo com a Reuters, a Proview não quis comentar o assunto e os oficiais da alfândega chinesa não puderam ser contatados para falar sobre o caso.

Leia também:

- Após denúncias, Apple pede para associação investigar maus tratos contra funcionários na China

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail